A password will be e-mailed to you.
[Dica da leitora Thaís Bonfiglioli]

Desde a revolução industrial, quando a produção passou a ser em larga escala, e os processos artesanais ficaram em segundo plano, nossa maneira de consumir mudou.

No passado, nós comprávamos algo para atender a uma necessidade, agora vivemos em uma cultura que transformou tudo em excesso.

Alta demanda, grandes estoques e uma vontade incontrolável de consumir fez com que, somente nas últimas três décadas, um terço dos recursos naturais da Terra forem consumidos.

E onde isso vai parar?

O vídeo acima da Box1824, empresa de pesquisa especializada em tendências de comportamento, mostra a evolução do consumo ao longo dos últimos anos e para onde estamos caminhando. O projeto levanta a bandeira do lowsumerism (low + consumerism) que prega: ser mais consciente e consumir menos.

O movimento lowsumerism conscientiza a partir de perguntas básicas:

– Realmente precisamos disso?
– Podemos pagar por isso? Ou apenas queremos nos sentir incluídos ou afirmar nossa personalidade?
– Sabemos a origem desse produto e para onde ele vai depois que o descartamos?
– Não estamos sendo iludidos pela propaganda?
– E, principalmente, qual é o impacto que esse produto causa no meio ambiente?

São três simples atitudes que fazem uma grande diferença:

– Pensar antes de comprar.
– Buscar alternativas de menor impacto para os recursos naturais, como trocar, consertar e fazer.
– Viver apenas com o que é realmente necessário.

Não é difícil e faz uma grande diferença para nós e para as gerações que estão por vir.

E, você? O que acha desse movimento?