Out of the Blue e o videocase sobre a ótima estratégia da banda brasileira


Não é nada fácil seguir a carreira de músico no Brasil. Não é nada fácil manter uma banda unida, gravar, lançar, divulgar e tentar sair em tour pelo país. São inúmeras as dificuldades (escrevo com toda a propriedade do mundo. acredite).

Então, hoje, tento de verdade, ouvir, entender, e ajudar como posso bandas que fazem um trabalho sério e que apostam em seus projetos (é que, obviamente, façam um som interessante).

Recebi esse vídeo do pessoal da “Out of the Blue” e achei demais. A estratégia da banda foi muito além da boa música, usando ferramentas importantes e boas ideias para avançar com o planejado. Tem um cuidado estético interessantíssimo e um inteligente formato para mostrar a caminhada e, no final, envolveram uma produção de produtos customizados. Uma cerveja inspirada e para cada um de três singles.

A ideia toda foi criar um jeito diferente de consumir música. Mostrar pro mundo que a ideia de apenas depender de empresários e gravadoras já foi (faz tempo). No case, destaque, também, para o narrador. A banda tinha alguns obstáculos, mas quando a música é boa, vale a pena: é uma banda nova e fora do circuito (Limeira, interior de SP), cantam em inglês, não tem empresário ou gravadora e sonham grande.

“Foi daí que surgiu a ideia de fazer o crowdfunding de um jeito não tão convencional: cara a cara.  A ideia logo tomou forma e ganhou o público. Afinal, não é sempre que você vê, de graça, várias bandas legais fazendo um ensaio aberto. Mas a gente queria mais. Lembra do lance da barreira da língua? A gente contratou um mestre cervejeiro e contou três histórias de três músicas inéditas do nosso álbum de estreia. O desafio dele foi criar uma receita pra cada uma dessas cervejas. Os rótulos também foram pensados em cada uma. Assim, mesmo se a pessoa não sabe ler em inglês, vai conseguir sentir a música por outros meios. A grande sacada é consumir música usando os cinco sentidos. Foi difícil? Demais. Demorou? Um ano. Valeu a pena? Com cerveja e boa música no meio de tudo isso, como não valer?”, me contou Maurício Bucci (vocal e guitarra).

Os rótulos são demais:

1cerva1 1cerva2

1cerva3

E, aqui, um música dos caras:

Vida longa.

 


Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

Like! Like!
0
Like!
Amei! Amei!
0
Amei!
LOL LOL
0
LOL
OMG OMG
0
OMG
Geek Geek
0
Geek
Triste Triste
0
Triste
Raiva Raiva
0
Raiva
WTF WTF
0
WTF

Comments 24

Your email address will not be published. Required fields are marked *

    1. Porra mano! eu vi esse seu post cliquei, vi a materia toda e quando fui comentar não te achei denovo, MUITO foda Salada! mandou muito mano! Eu iria nessa porra mas to morando em Los Angeles manos, saudads . Quando eu voltar vamos marcar certeza!

  1. Markinho Cardoso, Leandro Bosqueiro, Ari Barbosa, Erick Mendonça, Caio Lekecinskas, Felipe Antonioli, Binho Mattei, Matheus Pinheiro, Bruna Deroci, Ramon Nantes Donatti, Henrique Racz, Saulo Rocha, André Abreu, André Lima, Paulo Toledo Barros, Alexandre Kimura, Piu Afonseca, Murilo Battistella, Murilo Domingues, Leandro Gregório, Out of the Blue – Band, Delisiee Marinho, Pedro Naves Cicala, Guilherme Santos, Guilherme Luís Bisca, Lucas Casão, Lucas Apoteker Heck, Guilherme Racz

  2. Markinho Cardoso, Leandro Bosqueiro, Ari Barbosa, Erick Mendonça, Caio Lekecinskas, Felipe Antonioli, Binho Mattei, Matheus Pinheiro, Bruna Deroci, Ramon Nantes Donatti, Henrique Racz, Saulo Rocha, André Abreu, André Lima, Paulo Toledo Barros, Alexandre Kimura, Piu Afonseca, Murilo Battistella, Murilo Domingues, Leandro Gregório, Out of the Blue – Band, Delisiee Marinho, Pedro Naves Cicala, Guilherme Santos, Guilherme Luís Bisca, Lucas Casão, Lucas Apoteker Heck, Guilherme Racz