A password will be e-mailed to you.

O comercial é da 84 Lumber, uma empresa de recolocação profissional e teve sua veiculação recusada pela FOX durante a transmissão do Super Bowl.

O motivo? Supostamente por apoiar algo que é ilegal, apesar do roteiro mostrar justamente um caso emocionante e justificado, que não é o do traficante de drogas ou de qualquer outra intenção ilícita de avançar fronteira adentro. Ou seja, a peça é válida por estimular a reflexão e a discussão, mas por outro lado corre o risco da parcialidade e da generalização por retratar apenas o caso positivo.

O filme conta um pouco da jornada de uma mãe e sua filha na tentativa de conseguir uma cidadania americana.

Vale lembrar que muitas vezes o próprio impedimento de veiculação já é esperado pela agência e anunciante e pode até fazer parte da estratégia, já que todo mundo sabe que o filme pode subir pelo youtube e pelas redes sociais após o evento. E ainda contar com o forte apelo do “comercial banido”. O comercial já está com 8 milhões e meio de visualizações em apenas dois dias. Interessante também reparar nos likes e dislikes (que no fim têm mais a ver com o tema do que com a peça), que a questão ainda divide opiniões.

A versão que você assiste abaixo é praticamente um curta, “sem cortes”, com quase 6 minutos de duração, o que praticamente confirma a hipótese do online como canal principal de divulgação (6 minutos no SB custariam 60 milhões de dólares e acho que nem o break inteiro tem essa duração) .

Vamos ao filme.