A password will be e-mailed to you.

“Felicidade é quando o que você pensa, o que você diz, e o que você faz estão em harmonia.” — Mahatma Gandhi

A gente sabe: a felicidade está dentro da gente, há que encontrá-la no interior. No entanto, quando o mundo exterior funciona de maneira mais propensa para que possamos nos sentir cômodos para nos expressar da maneira como gostaríamos, tudo fica mais fácil.

Em um relatório produzido pela ONU, o instituto de pesquisas Gallup e diferentes universidades, foi concluído que as pessoas mais felizes do nosso planeta são aquelas que confiam em seus governantes e suas empresas, se sentindo livres para tomar decisões, pois contam com um bom suporte social.

A partir deste enfoque, o relatório avaliou a realidade de 156 países para chegar aos que podem ser considerados os mais felizes do nosso planeta. Entre as considerações estão:

  1. O PIB real per capita
  2. Expectativa de vida saudável no nascimento
  3. Liberdade para fazer escolhas de vida
  4. Generosidade
  5. Percepções de corrupção

A Noruega foi considerada o país mais feliz do mundo, desbancando a Dinamarca, que reinava na primeira posição deste ranking desde 2014.

A Noruega cresceu no ranking porque, embora a economia do país não esteja em sua melhor fase, a percepção de felicidade da sua população é positiva. O país tem um histórico de investir no futuro, impactando diretamente no sentimento positivo e na confiança que os noruegueses têm nas instituições públicas.

Além da Noruega, outros países fazem parte dos 10 mais felizes do mundo:

O Brasil não está entre os 10 países mais felizes, mas foi incluído para fins de comparação.

Para mais informações, acesse este link.