A password will be e-mailed to you.

É difícil não se emocionar com a história de Frida Kahlo, a pintora mexicana que não ficou conhecida somente por suas obras, mas por ser um sinônimo de resiliência e bravura.

Sua história já foi retratada em filmes, livros e a Cidade do México conta com um museu, que era a sua casa junto com o pintor Diego Rivera – e que não importa a hora nem o dia, sempre está tomado por visitantes do mundo todo. No museu (que já fizemos um post sobre ele aqui), é possível conhecer um pouco de sua vida, obras e rotina.

O guarda-roupa de Frida, no entanto, tem sido um objeto enigmático durante anos. Ninguém sabia o que havia dentro dele, porque Diego Rivera o mantinha assim e pediu para que ele fosse conservado em segredo por pelo menos 15 anos após a sua morte.

Assim, o armário se manteve fechado durante 50 anos. Até agora, que foi aberto e teve seus objetos fotografados por Ishiuchi Miyako com sua câmera de 35mm Nikon, em que usou simplesmente a luz natural para capturar os objetos antigos.

Como se pode ver são objetos pessoais que mostram um pouco mais sobre os pensamentos e o caráter da artista. A razão pela qual Diego e Frida decidiram manter o lugar em segredo é desconhecida. Mas, de qualquer maneira, é uma sorte podermos entrar na vida real de uma das mais reconhecidas figuras da arte mundial.

Saiba mais sobre as fotos de Ishiuchi aqui.