A password will be e-mailed to you.

O banco neozelandês ASB criou um device interessante para a educação financeira de crianças. Trata-se do Clever Kash; uma espécie de cofrinho que, ao invés de poupar moedas, é possível guardar créditos virtuais. Mais um exemplo contemporâneo do uso de linguagens lúdicas para um objetivo de marca/produto/empresa/serviço.

A brincadeira acontece de maneira muito simples: os pais, munidos de um app, conseguem transferir créditos para o aparato que tem forma de um elefantinho. Em uma tela, é possível acompanhar quanto dinheiro está guardado. O vídeo a seguir mostra o processo:

Clica aqui para conhecer a página oficial do produto.

A ideia foi criada pelo banco ASB junto com Saatchi & Saatchi NZ.