A password will be e-mailed to you.

A Uber anunciou, esta semana, a aquisição da Jump Bike, um serviço norte-americano de compartilhamento de bicicletas elétricas. Segundo Dara Khosrowshahi, CEO da Uber, o acordo significa oferecer “maneira mais rápida e acessível de chegar onde você quer, seja em um Uber, em uma bicicleta, no metrô ou mais que isso”, além de “substituir milhões de viagens de carros por bicicletas”.

E você já pode substituir essas viagens de carros por bicicletas – pelo menos em São Paulo. Com inspiração asiática, nasceu o Bikxi, um serviço de carona compartilhada em bicicletas elétricas. É simples. As bikes (comandadas por ciclistas treinados pela empresa) circulam por um trecho de cerca de 20 quilômetros, conectado por ciclovias e ciclofaixas entre a Vila Leopoldina, zona oeste da capital, e a Ponte do Morumbi, zona sul. O corredor é extremamente importante porque reúne centros comerciais relevantes da cidade, como as regiões da Berrini, Vila Olímpia e Pinheiros.

Segundo Danilo Lamy, criador do aplicativo, já foram realizadas mais de 7 mil corridas desde setembro de 2017

Ele funciona como um Uber. Você abre o aplicativo, pede uma corrida e a bike chega – se ela estiver disponível, já que, por enquanto, são apenas 10 bicicletas cobrindo os corredores. A ideia é complementar viagens curtas (ou ir para um almoço ou reunião na região, se preferir não pegar o carro e chegar rápido ao destino). E, se você quiser, pode até pedalar junto com o seu “motorista”. ;)

[via]

No more articles

Send this to a friend