A password will be e-mailed to you.

Salários iguais para ambos os sexos é uma das pautas atuais que giram no mundo corporativo e também no cinema, já que existe uma disparidade no que é pago para homens e mulheres. Há, por exemplo, uma polêmica recente que Claire Foy, que interpreta o papel principal (Rainha Elizabeth II) da série “The Crown”, da Netflix, ganha menos do que Matt Smith, que interpreta o Príncipe Philip.

Indo contra este espinhoso tema que ronda o mundo do cinema, o ator Benedict Cumberbatch declarou, em entrevista à Radio Times, que daqui para frente não aceitará papéis caso as atrizes não recebam o mesmo valor do que os homens.

“Igualdade de remuneração e um lugar à mesa são os princípios centrais do feminismo. Veja as cotas. Pergunte quanto está sendo pago e diga: ‘Se ela não for paga da mesma forma que os homens, eu não vou fazer isso”’, afirmou o ator britânico.

Cumberbatch aproveitou para revelar que seu próximo projeto é uma história a respeito de maternidade “a partir da ótica feminina. Metade do elenco é mulher”.

E ressaltou que filmes como “Pantera Negra”, hoje a terceira maior bilheteria da história, é a prova de que a diversidade racial não é incompatível com a rentabilidade.


Also published on Medium.

No more articles

Send this to a friend