A password will be e-mailed to you.

O esboço manuscrito feito pelo autor Joseph Heller para o “Catch-22” Você acha que escrever um romance é fácil? Esse levou 8 anos e, como a maioria dos outros, precisou de um painel de controle

O esboço manuscrito feito pelo autor Joseph Heller de “Catch-22”

O livro “Catch-22” (traduzido para o português com “Ardil-22“) é um clássico, escrito pelo americano Joseph Heller, tirando um sarro e fazendo uma crítica a Segunda Guerra Mundial. Heller esteve lá quando tinha 20 anos de idade, na Italia, como parte dos Army Air Corps dos Estados Unidos, quando voou mais de 60 missões de combate a bordo de um B-25. E mesmo que você não tenha lido o livro, certamente conhece outras tantas obras que se inspiraram nele, como o seriado de humor M.A.S.H. ou, mais recentemente, o Lost, que teve um episódio inteiro baseado na obra (o 66º episódio, intitulado Catch-22).

O Esboço Manuscrito

Feita essa breve introdução, vamos a imagem que ilustra o post: um esboço feito à mão pelo próprio Joseph Heller que tem, na vertical, o periodo inteiro da história (o ano de 1944) e na horizontal, o que cada personagem do livro fazia durante essa linha do tempo. Essas imagens são interessantes porque muita gente imagina que um escritor senta e sai batucando as teclinhas de cabo a rabo do livro, quando na verdade a complexidade da obra exige um mapeamento bem mais elaborado senão a história perde o o famoso “fio da meada” e o leitor fica perdidinho.

Só para você ter uma ideia do tamanho da encrenca, o Joseph Heller levou 8 anos para terminar o livro. Começou a escrevê-lo em 1943, quando ainda trabalhava como redator em uma agência de publicidade.

Tem uma versão alternativa do esboço em PDF, com mais legibilidade, aqui.

 

 

No more articles

Send this to a friend