Image

educação

The Gambler’s Fallacy e os Deprimidos

Faz tempo que tenho vontade de escrever esse post.

É um post só para ficar aqui, registrado. Por favor, não quero de forma alguma polemizar ou sugerir que exista um …
Read More

Escreva o que você aprendeu
2 years ago

Escreva o que você aprendeu

Wordpress. Tumblr. Facebook. Twitter. Pinterest. Instagram. Google Reader. Kindle. Livros. Spotify. Rdio. Qual o melhor? Todos? Nenhum?

Não está fácil seguir e publicar em tudo isso. Passo quase todas …
Read More

Game Theory em Yale

Uma das maravilhas da iTunes Store é a iTunes U onde você pode baixar cursos inteiros das melhores faculdades do mundo, sobre os mais diferentes assuntos.

Meu vício atual é o curso de Teoria dos Jogos, de Yale. O curso foi ministrado em 2009 pelo professor inglês Ben Polak em 24 aulas. É impressionante a capacidade de Polak de desenvolver um assunto relativamente complexo com exemplos práticos. No video acima você pode ter um gostinho de como é o curso, através da sua primeira aula (quem sabe você se anima?). É exatamente esse curso que está na iTunes U.

O fascinante é que a Teoria dos Jogos é uma aplicação matemática para a vida cotidiana. De negociações a uma cantada no bar. De política à vendas. Um dos grandes expoentes dessa Teoria, foi John Nash, que desenvolveu o Equilíbrio de Nash, ainda como estudante em Princeton e que lhe valeu um Nobel em 1994. Segundo ele, num “jogo”, as decisões são tomadas de forma aos resultados serem os ideais não apenas para cada uma das partes, mas também para o grupo.

Esse conceito foi mostrado no filme “A Beautiful Mind”, através de um jogo simples, um dating game, conhecido como Batalha dos Sexos. Uma maneira fácil de compreender a extensão do assunto na (já clássica?) cena do bar, aí abaixo.

Se você é Planejamento, a profissão da moda, o curso é extremamente útil para analisar situações, prever resultados e escolher estratégias. Vai lá na iTunes U que é grátis. Muito melhor que assistir um monte de palestras que tem por aí.

Depois do jump, confira uma entrevista com o próprio Nash.

Read More

Updaters “aprendendo a aprender” no MIT

Ano passado estivemos com a Singularity University.

Este ano serão 6 meses com o Media Lab, do MIT.

Hoje fizemos a primeira aula do primeiro curso online (ao …
Read More

Leia esse post até o final. Se você quiser.

By  •  educação, CMP

Os dados de 42 estudos de psicologia, abrangendo mais de 22.000 indivíduos sugerem que você pode dobrar suas chance de persuasão se utilizar uma técnica muito simples. A técnica …
Read More

EPA: O que é internet?

By  •  educação

vozinha[NETO: Thomaz Rezende Gonçalves]

Vó, a Internet é um mundo virtual, onde as pessoas vão para fazer diversas coisas.

Se informar, conversar, trabalhar, se divertir, assistir vídeos, entre outras coisas.

Muitas das coisas que estão nesse mundo virtual, são a respeito ou interferem no mundo real também.

Por exemplo, essa minha explicação já está na Internet.

 

Esse post é um incentivo à leitura, para as crianças, avôs e avós e motoristas de táxi que querem genuinamente descobrir o mundo, mas não tem paciência com gente que gosta de falar difícil.

Mande seu EPA sobre qualquer tema para: contato@updateordie.com

Saiba mais sobre essa série depois do jump.

Read More

EPA: O que é Early Adopter?
2 years ago

EPA: O que é Early Adopter?

selovoAs pessoas são muito ocupadas.

Elas trabalham o dia inteiro, ficam lá presas no trânsito, essas coisas que tomam tempo.
Quase não conseguem ver TV, ouvir o rádio, nem entrar na internet.

Aí, elas acabam conversando sempre com as mesmas pessoas lá do lugar onde elas trabalham.

Tudo o que elas ficam sabendo, acaba vindo das mesmas pessoas e dos mesmos lugares, o que é muito ruim.

Quando dá, assistem o mesmo jornal, lêem a mesma revista de sempre. Entram lá naquele bate-papo da internet.

Por isso inventaram os tais Early Adopters, que são umas outras pessoas que passam o dia inteiro descobrindo coisas e ideias novas, em todos os lugares do mundo. E acabam aprendendo a separar o que é legal e o que é chato.

Elas acham as coisas antes de todo mundo e escarafuncham essas coisas antes de todo mundo, só para poder ter o prazer de contar para o resto das pessoas depois, aquelas que não tem tempo nem paciência. As vezes se dão mal, é como ser o primeiro a experimentar um besouro frito, pra ver o gosto que tem.

Aí inventaram esse nome inglês, que significa “o cara que experimenta antes de todo mundo”, porque em inglês tudo é mais chique mesmo.

Esse post é um incentivo à leitura, para as crianças, avôs e avós e motoristas de táxi que querem genuinamente descobrir o mundo, mas não tem paciência com gente que gosta de falar difícil.

Saiba mais sobre essa série depois do jump.

Read More

Curso online de creative learning, no MIT, junto com os Updaters. Topas?

Há muito tempo tentamos viabilizar uma aula sobre “aprender a aprender”.

A maioria das pessoas ainda acha que para aprender é preciso um professor, mas esquecem que esse professor pode …
Read More

15, 30, 40. Por que a pontuação do tênis é assim?
2 years ago

15, 30, 40. Por que a pontuação do tênis é assim?

Tenistas ou não-tenistas, quase ninguém sabe explicar a excêntrica pontuação do tênis.

15,30, 40.

Não era mais fácil 1,2, 3?

Ninguém sabe ao certo como isso começou, mas tudo …
Read More

What Makes You Itch?

By  •  Variedades, Learning, Geral

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=siu6JYqOZ0g

Não vou perder tempo explicando quem é Alan Watts. Nosso imortal editor WB já falou dele aqui e em alguns outros posts. Esta é mais uma das leituras deste …
Read More

Se uma coisa não tem nome, ela existe? Relatividade linguística
2 years ago

Se uma coisa não tem nome, ela existe? Relatividade linguística

Você pensa em português?

Quando você “conversa” com você mesmo aí dentro da sua cachola, você fala em português?

Será então, que o seu pensamento pode ser mais, ou …
Read More

Simples! Como ensinar uma criança a segurar um lápis

Quem tem filho deve se lembrar das primeiras tentativas para se colocar um lápis na mão da criança.

É mais ou menos como pedir para você abraçar uma vassoura: tem …
Read More

Top