Essa é uma das melhores campanhas que vi nos últimos tempos. E o fato do vídeo ser falado em outra língua e legendado em português me lembra do filme Carlota Joaquina, um dos responsáveis pela retomada do cinema brasileiro. As cenas iniciais são faladas em inglês e legendadas em português. Dizem por aí que isso foi uma estratégia para capturar a atenção do público. Na época o cinema brasileiro tinha prestígio abaixo de zero, e qualquer filme falado em português corria o risco de ser imediatamente ignorado pelo público. Então esse truque foi usado para jogar o espectador na história, e depois de um tempo, o filme passava a ser falado em nossa língua mesmo.

Talvez os museus brasileiros precisem de um truque parecido para se revitalizarem. Adoramos ir ao Moma, ao Tate e até ao Malba, mas os museus que ficam aqui do lado a gente ignora, afinal, aqui se fala português.

dica da @ndandara e @marianarrpp

Mais um desses vídeos didáticos do Google, agora explicando o fantástico mecanismo de tradução inteligente.

Se não me engano esse assunto foi capa de uma Veja recente (que não li). Mas só de assistir o vídeo dá para imaginar em infinitas possibilidades para quando esse mecanismo estiver melhor azeitado.

Tradutores, temam pelos seus empregos.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=_GdSC1Z1Kzs&feature=player_embedded[/youtube]

via