in

Ministério Público Vs. Bauducco

site_embalagens.jpg(por Feof! via Bullet UoD)

O Ministério Público entrou com uma ação civil contra a Bauducco, alegando que a Promoção Self-Liquidating que a Bauducco fez em 2007 se valeu da ingenuidade das crianças para fazer uma venda casada, uma vez que para ganhar os relógios do Shrek, o consumidor tinha que comprar 5 produtos + R$ 5,00.

É o fim da Self-liquidating? Tem relação com a proibição de publicidade para criança? Ou é uma caça as bruxas (ou Ogros) sem fundamento algum? Isso é promoção. Isso movimenta o mercado, aquece a economia, e gera mais impostos. Isso não é propaganda enganosa. É criar uma experiência lúdica adicional à experiência de compra. E convenhamos…será que o Ministério Público  acha que uma criança de 5 anos de idade, pegou a sua patinete, foi até um supermercado, e por mal conseguir ler o cartaz, gastou a sua contada mesada comprando além dos 5 produtos da linha Gulosos, um relógio do Shrek. Será que os pais não estão envolvidos no processo? E fazem a escolha certa (ou errada) pelos seus filhos?

Neste caso, dúvido que o delegado se afaste, que o Ministro do Supremo intervenha, ou o Jornal Nacional dê tanto destaque como deu às Operações com nomes Hollywoodianos.

Reportar

Gostou do post?

82 points
Upvote Downvote
Legend

Escrito por Wagner Brenner

Fundador e editor do Update or Die!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0