Efeitos especiais pré computação

Quem tem menos de 30 talvez não conheça as gambiarras (no melhor sentido) que o pessoal de efeitos especiais da era pré-tela verde era capaz de fazer. Lembro da criatividade do grande e lendário Domingos Utimura, traquitaneiro de comerciais de TV nas décadas de 70 e 80. Fez alguns clássicos como “a morte do orelhão” (o poste era mole e tinha um ferro por dentro, quando baixavam o ferro, o orelhão ia morrendo) ou da corujinha da Eternit que dançava sobre a telha no pack-shot (esquentavam a telha no forno e a pobre corujinha ficava pisando na pontinha da patinha – ai, ui, ai) ou ainda do tapete que tinha que desenrolar sozinho (e que depois de muitas tentativas mecânicas o Utimura resolveu inclinando o cenário inteiro em 30º).

O primeiro Star Wars (1977), apesar de milionário, também é dessa época e precisou de uma boa dose de anões, bichos de pelúcia tamanho GGG, isopor e fibra de vidro. Abaixo você confere um set com fotos raras usadas pela produção e registros de bastidores de um dos maiores filmes de todos os tempos. Isso circula faz tempo na internet, mas se você não quiser quebrar a magia da sua infância (ou do filme), rápido, scroll agora!

Com vocês, R2D2:

Ou, o C3PO:

Ou Darth Vader (esse apareceu)

E uma das minhas preferidas:

Muitas outras fotos aqui.

Default image
Wagner Brenner
Fundador e editor do Update or Die.

3 Comments

  1. Ótimo! o que vale é a criatividade.

  2. Sim, do tempo que o computador não era ” estepe” da incompetência 🙂

  3. “uma boa dose de anões”… rsrsrs – mata a cobra e mostra a cobra

Leave a Reply

Ad Blocker Detected!

Refresh