Quando o Sr Cabeça de Batata foi lançado na década de 60, a batata era por sua conta.
Dentro da caixa vinham apenas os complementos, como olhos, orelhas, chapéu, etc.
Mais um interessante “momento de transição”, já que não era nem a versão caseira (feita com tachinhas) nem a versão de plástico que existe hoje. Era um brinquedo caseiro-profissional.