14.1 C
Sao Paulo
17/11/2019
Música

Para a Elise, versão 2013

Therese_Malfatti2Era pra ser “Por Teresa” (peguete do Beethoven), mas o tradutor errou e escreveu “por Elise”.

Quem toca piano, um dia passou por ela.

Pim-pim-pim, pirimpimpim… pirimpimpim… pirimpimpim….

“Fur Elise” (ou “por Elise”), do Beethoven.

O hit do conservatório. Teminha já cansado de guerra, coitado.

Dá uma relembrada, ouve um trechinho vai:

Introdução feita, volume, play e afastadinha na cadeira pra curtir o update or die desses 2.

Só mais um comentário: adoro esse tipo de “versão”, porque na verdade é “diversão”.

Tá na cara que os dois já tocaram muitas vezes a original e, uma vez incorporada, uma das coisas mais legais é variar o gênero (como o Zappa – entre outros – tão bem fazia com suas bandas, sempre no improviso). Sem qualquer intenção de “aprimoramento”, antes que venham as pedras.

[via]

7 comentários

Fabricio Teixeira 08/05/2013 at 12:41 AM

Legal demais!

Reply
Kátia Rocha 07/05/2013 at 1:05 PM

hahahahahah

Eu tocava essa música aos 9, 10 anos de idade e acho que nunca mais toquei, pque os caminhões de gás e as chamadas em espera fizeram o favor de torná-la insuportável, néam?
(Ainda bem que isso não existe mais!)

Mas ela é linda e, apesar desse arranjo um pouco poluído (over), achei muito engraçado vê-la assim, nessa linguagem meio "saloon"!
😛
Acho que Ludwig curtiria!

Reply
Wagner Brenner 07/05/2013 at 2:22 PM

hahaha, acho que o "over" é justamente pela diversão. Fur Elise é vítima frequente de arranjos de todos os tipos, provavelmente por ser justamente calminha e a galera entortar pro lado oposto, mandando sempre em ragtime, funk, etc. Faz uma versão aê pra gente Kátia!! 😉

Reply
Wagner Brenner 07/05/2013 at 2:22 PM

hahaha, acho que o "over" é justamente pela diversão. Fur Elise é vítima frequente de arranjos de todos os tipos, provavelmente por ser justamente calminha e a galera entortar pro lado oposto, mandando sempre em ragtime, funk, etc. Faz uma versão aê pra gente Kátia!! 😉

Reply
Kátia Rocha 07/05/2013 at 2:50 PM

hahahahahahahhahah
Vou pensar!
🙂

Só uma pequena discordância: "Für Elise" NÃO É uma música calminha, viu Mr. Brenner?
Ela tem uma melodia doce, terna e meiga, mas uma partitura cheia de semi-fusas tá longe de ser "calminha"!
rs
Haja dedo, mão, braço, olho e coordenação motora!!!

Bem, se eu fosse fazer um arranjo pra ela (ai meu pai! Que atrevimento mexer em LuVanBee!), certamente pegaria um caminho contrário, tipo lullaby ou mesmo uma bossa nova, já pensou?
Acho que ficaria legal!
Já que todo mundo endoida o cabeção e entope a música de muito tempero, eu quereria "esvaziá-la"!
#AlokaDoContra #SouDessas

Reply
Wagner Brenner 07/05/2013 at 4:23 PM

Não é né? É que sempre penso no comecinho desanimado hahahaha…

Reply
Kátia Rocha 07/05/2013 at 4:47 PM

Pois é… calminho pra quem ouve, tempestuoso pra quem toca!
😛

Reply

Comente

Ad Blocker Detected!

Refresh