Você é o salva-vidas deste parque. Está sentado há 5 horas sem fazer nada, vendo a mesma piscina o dia inteiro. Sono.

Uma dessas crianças vai se afogar.

Vamos ver se você enxerga a encrenca. Play.

A profissão de salva-vidas não é fácil. Parece moleza, ficar parado alí o dia inteiro. Mas é justamente essa luta contra o tédio, para conseguir manter um nível de concentração capaz de escanear tantas pessoas ao mesmo tempo- e por tanto tempo – é que requer treinamento e aptidão.

Você deve ter descoberto a criança no video acima, mas na vida real, sem ninguém avisando que haveria um afogamento pra você detectar, não é nada fácil.

Um afogamento não parece um afogamento. Pelo menos não como a gente imagina um afogamento.

01. Quem está se afogando não grita. Para sair voz a respiração precisa estar OK.

02. Quem está se afogando não gesticula. O instinto de sobrevivência força os braços a se abrirem para conseguir apoio para permanecer com a boca para fora da água.

03. Quem está se afogando afunda completamente em no máximo 60 segundos. Se ninguém viu nesse minuto, não vê mais.

Outra: bóia desse tipo para quem não sabe nadar é um convite para o afogamento. A criança se sente segura, vai pro fundão, a bóia vira como sempre e báu-báu.

Um salva-vidas que se distrai por mais de 1 minuto pode ter perdido uma vida.

Total
49
Shares