Demorou muito mais do que deveria, mas finalmente o YouTube usará o HTML 5 <video> como  default.

Talvez esse seja o ‘golpe de misericórdia’ para o Flash (e pra aqueles que ainda insistem em trabalhar com Flash).

yt-html5Agora só faltam os veículos e empresas de inserção de banners pararem de exigir o Flash na versão de 2008, e começar a implementar HTML5.

Até porque, a grande maioria das pessoas sequer consegue enxergar os banners em seus tablets e celulares.