in

Curta-metragem inspirado em “O Grito”

O artista norueguês Edvard Munch criou “O Grito” em 1893.

A obra é umas das mais importantes do movimento expressionista, cuja principal característica era a tentativa do artista de passar para a tela, os sentimentos e experiências vindos de seu interior.

“O Grito” representa uma figura andrógina em profunda angústia e desespero existencial. Ele explica:

“Caminhava eu com dois amigos pela estrada, então o sol pôs-se; de repente, o céu tornou-se vermelho como o sangue. Parei, apoiei-me no muro, inexplicavelmente cansado. Línguas de fogo e sangue estendiam-se sobre o fiorde preto-azulado. Os meus amigos continuaram a andar, enquanto eu ficava para trás tremendo de medo e senti o grito enorme, infinito, da natureza” – Edvard Munch, 1893.

Inspirado pela obra, Sebastian Cosor criou uma versão animada, com efeitos em stop motion e trilha sonora de “The Great Gig in the Sky”, do Pink Floyd, que traduz perfeitamente a dramaticidade do quadro. Veja a seguir:

o grito

Reportar

Gostou do post?

82 points
Upvote Downvote
Mentor

Escrito por Paula Romano

Jornalista freelancer interessada em arte, tecnologia, cultura e sempre em busca de novas histórias. Uma pessoa que adora viajar, descobrir novidades, aprender, filosofar e que fica feliz com a companhia de um chá, um felino e um bom livro no colo.

Anos de UoDStory MakerContent Author100 Posts Mr. Postman!Votador!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *