in

E aí, bora fazer um zine?

Zines

Fazer zines está na moda. Ou melhor, essa moda está de volta.

Zine é uma redução da palavra fanzine, ou seja, aquelas boas e velhas publicações independentes de cultura que trazem quadrinhos, arte, literatura, ilustração, música, cinema, moda. Desde os anos 60, os fanzines, produzidos por “fãs” de determinadas subculturas, eram um meio de comunicação independente onde circulavam temas que a ficavam de fora da imprensa oficial.

De alguns poucos anos para cá, zines muito interessantes, confeccionados artesanalmente, ganharam espaço e fama em eventos e feiras, como a Feira Plana e o FIQ (Festival Internacional de Quadrinhos), além de circular e serem vendidos pela internet, como nas lojas virtuais Ugra Press e Pinicanic + Macumba.

Me lembro bem da Beatriz Lopes, criadora do Zine XXX, falando no Encontro Lady’s Comics, no ano passado, sobre a emoção de realizar com as próprias mãos (literalmente) um projeto no qual ela idealizou e acreditava, e como ele a aproximou de diversos artistas e a tornou referência no meio dos quadrinhos e da militância feminista. “Acho que todo mundo deveria fazer um zine”.

Nessa linha, o cartunista Lucas Gehre fez um quadrinho bem humorado com um perfil dos zineiros.

1-Zines

2-Zines 3-Zines 4-Zines 5-Zines 6-Zines

Reportar

Gostou do post?

81 points
Upvote Downvote
Updater

Escrito por Gabriela Borges

Jornalista e antropóloga, viciada em quadrinhos, viagens, leituras e cultura pop.

Anos de UoD

Comentários

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0