Se você é fã de Call of Duty ou Battlefield, já deve estar acostumado com os cenários virtuais de guerra, os tiros zunindo pra todo lado e mais mortes do que o primeiro bloco do noticiário (mas só o primeiro bloco!).

Mas já parou pra pensar que muito do que é usado ali, além de inspirado na realidade, faz parte da experiência de muita gente que, não só não está lá por diversão, como também passa por isso completamente desarmada e indefesa?

Aliás, quem mais sofre com esse cenários são as crianças, que nunca aparecem nesses jogos.

O motivo? Bem, o vídeo da War Child UK dá uma ideia de como a história se desenrola de forma bem diferente para elas.

Total
43
Shares