[mks_dropcap style=”letter” size=”62″ bg_color=”#ffffff” txt_color=”#000000″]R[/mks_dropcap]egistrar a espera de prostitutas por clientes. Num primeiro momento, essa parece ser a ideia por trás do livro The Waiting Game, do fotógrafo espanhol Txema Salvans.

Nascido em 1971, na cidade de Barcelona, Salvans sempre teve interesse pela ciência e, na faculdade, cursou Biologia. A fotografia apareceu acidentalmente, como geralmente acontece, por um hobby adquirido através da tia da garota que namorava na época. Após trabalhar profissionalmente na área, Salvans lançou o livro Nice To Meet You e, para seu segundo projeto, decidiu explorar o Mediterrâneo.

O próprio fotógrafo descreve o Mediterrâneo como um lugar onde a cultura greco-romana se encontra e toma forma, além de servir como ponto de encontro de terras pertencentes à Asia, Europa e África – ou seja, o Mediterrâneo pertence a todos e, ao mesmo tempo, a ninguém. Comumente, a região é vista como um ponto turístico, cheio de praias e vida cultural ativa, mas Txema Salvans apela para um olhar que ignoramos. O local tem servido como ponto de especulação política e construção de cidades-fantasmas que geram impostos para enriquecer donos de terras, políticos, grandes empresários e executivos.

Primariamente, Salvans desejava apenas registrar como era a vida nessas terras. Durante a viagem, entretanto, o fotógrafo se deparou com prostitutas espalhadas por estradas de tráfego intenso. Principalmente durante os feriados, essas mulheres aguardam clientes, cujo perfil inclui caminhoneiros e turistas, sem qualquer tipo de proteção. Ficam posicionadas aleatoriamente pelas estradas, cientes do perigo, porém dispostas a ignorá-lo.

Interessado pelo ser-humano por trás dessa história, Salvans decide registrar não apenas as belas paisagens do Mediterrâneo e as ditas cidades-fantasmas, como também as prostitutas que optaram por estarem ali ao invés de conseguirem clientes nas grandes cidades. Disfarçado de pesquisador, ele consegue não apenas relatos dessas mulheres, como também alguns cliques que, dotados de beleza, arte, sensibilidade e um quê de street photography, podem ser vistos na galeria abaixo

clique nas imagens para ampliar e navegar pelo slideshow

Percebam como elas fazem parte da paisagem tão naturalmente que, em algumas fotos, não são sequer notadas com facilidade. Vale lembrar que a intenção de Txema Salvans não é expor essas pessoas, e sim um problema. Todas as fotos foram divulgadas com o consentimento das mulheres nelas retratadas.

Interessou? Apesar da dificuldade, o livro pode ser encontrado em algumas livrarias no Brasil, como a Livraria Cultura, ou importando pela Amazon.

Marcus Colz

Um cara que é péssimo em criar biografia e não conhece muitas frases de efeito.

Sugestões Nessa Categoria