in ,

Wunderman promove terapia com cães para refugiados de guerra em São Paulo

Campanha mostra o cão como exemplo a ser seguido na luta contra a intolerância e o preconceito

O Brasil é um dos principais destinos de solicitantes de refúgio nas Américas, recebendo principalmente sírios, nigerianos, haitianos e angolanos. Com o propósito de oferecer acolhimento aos adultos, idosos e crianças que anualmente se deslocam para viver em outro país, o INATAA – Instituto Nacional de Ações e Terapia Assistida por Animais, ONG que promove o bem-estar através da Interação Assistida por Animais em clínicas, hospitais etc., realizou uma parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo para um projeto piloto no país, o programa “Melhor Amigo do Refugiado”.

Para promover a iniciativa, a campanha criada pela Wunderman incentiva a tolerância e retrata, como exemplo mundial, o carinho que os cães podem dar a essas pessoas, independentemente de suas origens, reconectando emocionalmente indivíduos que passaram pelos traumas do deslocamento e perda de vínculos familiares e sociais.

O projeto de atendimentos do INATAA tem parceria da Casa de Passagem Terra Nova, equipamento de acolhimento social do Estado de São Paulo para solicitantes de refúgio, está sendo elaborado a várias mãos. De acordo com Cristiane Blanco, psicóloga e responsável técnica do INATAA, os cães voluntários ajudam a dar suporte emocional para essas pessoas na fase de adaptação a esta nova etapa da vida, na maioria das vezes longe de familiares e amigos, que ficaram nos seus países de origem. “Diferentemente do homem, o cão não tem preconceitos, não faz distinção de raça, nem de religião ou classe social”, afirma Cristiane.

Para Paulo Sanna, VP de Criação da Wunderman, a campanha adota uma linguagem cinematográfica e propõe uma reflexão sobre um mundo melhor usando o exemplo do cão. “No momento em que vemos globalmente um dos maiores dramas sociais da nossa era, o INATAA encontrou uma forma de levantar a bandeira da tolerância e ao mesmo tempo promover sua causa”, complementa Sanna.

Com direção de cena de Lua Voigt, da produtora Landia, também parceira do INATAA, o filme para TV e internet destaca o drama dos refugiados que abandonam regiões de guerra na sua jornada pela sobrevivência e integração. Nele, são recriadas algumas cenas de conflitos e de deslocamento de pessoas, de apelo universal. A produção foca no garoto Ibrahim, uma criança refugiada cuja figura remete à solidão e ao isolamento dos que têm de abandonar sua terra natal e se deparam com um novo mundo. Ao se aproximar dele, o cachorro do INATAA mostra que, sem preconceito, a realidade do garoto, assim a dos demais refugiados, pode se tornar bem menos árdua.

Ficha Técnica

Título: “Bem-vindo, Ibrahim”
Cliente: INATAA
Agência: Wunderman
VP de Criação: Paulo Sanna
Diretor Geral de Criação: Adriano Abdalla
Diretor de Criação: Fernando Tomeu
Redator: Adriano Abdalla
Diretor de Arte: Fernando Tomeu
RTV: Monica Andrade, Cléo Andrade e Mariana Gazal
Atendimento: Leandro Rossi e Paula Matos
Mídia: Fabio Saad, André Renzi, Caroline Brandt, Ana Patriota, Renato Kestener
Produtora: Landia
Diretora: Lua Voigt
Produtores Executivos: Sebastian Hall, Carol Dantas
Diretor de Fotografia: Adolfo Veloso
Diretor de Produção: Ale Costa
Assistente de Produção: Rafa Passos
Editora: Nathália Kamura
Produtora de Som: Antfood
Produtor: Pedro Botsaris, Lou Schmidt, Wilson Brown
Atendimento: Luisa Ferreira, Sean McGovern

[signoff]

Reportar

Hero

Escrito por Gustavo Giglio

Updater, sócio do UoD, diretor de marketing/novos negócios.

100 Posts Mr. Postman!1000 Posts NinjaContent AuthorStory MakerVotador!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Gostou do post?

82 points
Upvote Downvote