in , ,

Desnudando a moda

Moda não está, ela é: a pressa em armários e estações é coisa de quem não a desnuda, porque, por trás dos panos, a moda faz (e conta) história – as vestimentas entregam, por exemplo, a época, os costumes e os hábitos de um determinado povo.

Costurada por signos e significados, a moda é a arte que trazemos junto ao corpo; uma obra que “refazemos” diariamente para contar a narrativa que bem entendemos, seja como protagonistas ou coadjuvantes.

Vendo-a assim, pelo “avesso”, fica mais fácil de reconhecer sua etiqueta histórica, filosófica, cultural e social – uma verdadeira passarela para estudos que dispensam o salto alto ou qualquer maquiagem: querem vê-la pelo que és; a arte produto de um grupo de pessoas em um tempo pré-estabelecido.

O nosso parceiro GNT, que dedica alguns de seus programas ao aprofundamento da causa, se fez ainda mais imerso no universo fashion depois que assumiu sua vocação digital com o GNT Play, onde disponibiliza documentários históricos, como “O Paraíso Perdido de Dior”, que, como indica o nome, revela a genialidade de Christian Dior, o primeiro homem “business oriented” a liderar uma marca fashion – e talvez por isso seja pioneiro na globalização de seu negócio, que ainda se mantém relevante no cenário atual.

Outra peça que remonta retalhos da história no GNT Play é o documentário “Quem é Karl Lagerfeld”, o homem escondido por trás de lentes escuras. Maior e mais longeva experiência “olho a olho” que o estilista teve, o trabalho abrange a vida do artista, trazendo, inclusive, relatos de sua infância.

Um dos principais players dessa seara luxuosa, a Louis Vuitton, também tem um documentário para chamar de seu disponível na plataforma virtual do GNT. Neste caso, porém, o enfoque está nos bastidores da maison francesa, que foi submetida a um intenso processo de posicionamento de marca, que começou há dois anos.

Em um plano mais tangível, o canal tem ainda a série imperdível “A Grande Coleção”, que conta a história de dois irmãos, Paul e Claude Sabine, se esforçando ao máximo para fazer vingar a label fashion que criaram: a “House of Sabine”. Episódio após episódio passamos a entender e nos questionar mais sobre criatividade e números que fazem da moda um dos mercados mais lucrativos e concorridos do mundo.

Confeccionado em terras tupiniquins, ao melhor estilo “made in Brasil”, “Costanza” é uma espécie de biografia de Costanza Maria Teresa Ida Clotilde Giuseppina Pallavicini Pascolato – ou simplesmente Costanza Pascolato. Talvez a personalidade mais respeitada do ramo fashion nacional, Costanza ultrapassou a tempos suas atribuições profissionais de “consultora de estilo” ou “jornalista de moda”. A empresária é um dos nomes mais influentes da nossa moda, e traz para esse universo a marca do seu olhar irreverente, sempre atual e cosmopolita.

A narrativa deste documentário imperdível é do diretor Alberto Renault, que usou uma seleção de entrevistas para os programas GNT Fashion, Casa Brasileira, Muitos Anos de Vida e Morar Mundo para montar um perfil variado com depoimentos e momentos únicos da grande personalidade de Costanza.

Ali se revela não apenas a trajetória, mas também a visão pioneira e excêntrica  da empresária sobre a sua história e seu estilo de vida.

Trata-se de um documento histórico da figura que melhor estampa nossa moda, e que nos lembra sempre que, no final das contas,  a última tendência é avaliar a moda sob o conjunto cultural que representa, ponderando o contexto social, econômico e até filosófico – porque superficialidade nunca esteve na moda.

Algumas boas opções, né?

GNT.DOC // ESPECIAIS MODA
Vão ao ar todo domingo meia-noite (sábado pra domingo).

 


Este conteúdo é produzido pelo canal GNT e não representa, necessariamente, a opinião do Update or Die. Compartilhamos nossas impressões e desdobramentos sobre diversos temas, usando os programas que mais nos chamam a atenção como ponto de partida.

Report

What do you think?

82 points
Upvote Downvote
Mentor

Written by Eloa Orazem

Sobreviveu ao retorno de Saturno, mas não o fez intacta: se (des)fez em pedaços ao longo do caminho, e agora tenta montar um quebra-cabeça pessoal que faça algum sentido. As dúvidas e as mudanças perdoam a carreira -- Eloá é jornalista há dez anos, e tem passagens por revistas, sites, televisão e rádio.

Years Of MembershipVerified UserContent Author100 Posts Mr. Postman!

2 Comments

Leave a Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *