Ana e Bruno, animação mexicana ganha Prêmio Quirino

Melhor Longa-Metragem de Animação vai ao filme do cineasta Carlos Carrera

Quando se fala em cinema, o México se destaca com diretores, atores e produções premiados em todo o mundo. Guillermo del Toro, Alfonso Cuarón e Emmanuel Lubezki são alguns dos nomes que já levaram para casa estatuetas do Oscar.

Não diferente está o cineasta Carlos Carrera, que acaba de ganhar o Prêmio Quirino de Melhor Longa-Metragem de Animação, por Ana e Bruno, filme produzido por Pablo Baksht, que marca seu retorno à cinematografia depois de dez anos.

Vencedor do Palma de Ouro no Festival de Cannes de 1994 por seu curta-metragem de El héroe, Carrera faz com Ana e Bruno o seu primeiro longa do gênero.

“Com esse longa consegui o que sempre quis fazer. Comecei primeiro pela animação, então segui o caminho da ficção com atores, o que eu gostei e enfoquei aí um tempo, porque havia pouca chance de desenvolver um longa de animação no México”.

Uma aventura fantástica

Ana e Bruno conta a história de uma menina que escapa de uma clínica psiquiátrica para encontrar seu pai e, em seguida, embarca em uma jornada com muitas aventuras, ao lado de criaturas fantásticas. Assista ao trailer:

A animação chegará aos cinemas no segundo semestre de 2018.

Default image
Paula Romano
Jornalista freelancer interessada em arte, tecnologia, cultura e sempre em busca de novas histórias. Uma pessoa que adora viajar, descobrir novidades, aprender, filosofar e que fica feliz com a companhia de um chá, um felino e um bom livro no colo.

2 Comments

  1. Ana Bruno / Ana Bruno / Ana Bruno / Ana Bruno

Leave a Reply

Ad Blocker Detected!

Refresh