Um dos grandes desafios de qualquer campanha é encontrar o meio certo e certeiro de impactar o público ideal. Mas quando esse público não vê TV, não tem celular e muitas vezes mal sabe ler, a missão fica quase impossível. Aí, às vezes, é preciso usar a criatividade não só nas peças, mas também para desenvolver uma mídia só para eles.

É o caso dessa ação que divulga os novos CTA (Centros Temporários de Acolhimento) da Prefeitura de São Paulo, agora com unidades que aceitam cães. Muitos moradores de rua preferiam as calçadas e viadutos aos abrigos, já que não queriam deixar seus bichinhos de lado na hora de dormir. Com isso, esses espaços ficavam com vagas ociosas, apesar do enorme número de gente dormindo em condições precárias no relento.

Para falar com esse público tão específico, foram escolhidos cinco tetos de viadutos, espaços que só eles veem, e exatamente ao deitar embaixo deles para dormir. Lá, cinco artistas de rua foram convidados para pintar um mural autoral que passasse a mensagem: agora, é possível aproveitar o conforto do abrigo sem deixar seu cão de lado.

Participaram da ação: Galo, Randal, Pixote, René Muniz e Thassio, cada um com seu traço e ideia, nos viadutos Antártica (Água Branca), Rangel Pestana (Brás), Abreu Sodré (Liberdade), São João (República) e Eusébio Estevaux (Centro). A criação é da agência Nova/sb.