in

High class, a primeira classe da Air France em 1957

O artista Eugene Louis Kammerman levava a sua paixão aos quatro cantos do planeta e nem mesmo uma guerra foi capaz de enfraquecê-las. Aos 24 anos, como fotógrafo oficial do exército americano, chegou à Normandia para vivenciar ainda mais a arte que tanto o fascinava.

Por trás das lentes, porém, pulsava um coração inquieto, que foi se engraçar logo por uma francesa e o sentimento foi tanto que Eugene nunca usou a passagem de volta; ficou ali mesmo, pela França, ao lado da mulher que amava.

Ali, colaborou com diversos jornais, como o Saturday Evening Post e L’Express – mas já naquela época as redações tinham pouca grana à disposição, o que inspirou o talentoso artista a se abrir para campanhas de publicidade e outros cliques comerciais. Retratos de moda e lifestyle publicados em revistas como Elle, Paris Match e Life também constam em seu currículo.

Mas como quase todo mundo que tem muita pressa de viver, Eugene também teve sua aventura abreviada. Em março de 1961, o fotógrafo morreu em decorrência aos ferimentos devido a um acidente de carro. Na época, o artista tinha 41 anos.

A vida breve foi suficiente para desenvolver projetos atemporais, como a campanha encomendada pela Air France em 1957. O material registrado por Eugene foi tão simbólico que ainda hoje circulam pela agência parisiense Gamma Bapho Keystone. Nas imagens, vemos o quão luxuosas eram as cabines da primeira classe da companhia aérea. Spoiler alert: elas eram bem melhores e mais estilosas.

Reportar

Legend

Escrito por Gustavo Giglio

Updater, sócio do UoD, diretor de marketing/novos negócios.

100 Posts Mr. Postman!1000 Posts NinjaContent AuthorStory MakerVotador!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Gostou do post?

82 points
Upvote Downvote