Reunidos um único país até 1993, as regiões da Etiópia e a Eritreia estavam em conflito desde a década de 1960. Mesmo com o referendo realizado em 1991, propondo a separação pacífica da Eritreia em 1993, os conflitos pela definição das fronteiras nunca tiveram um fim. Em 1998, as tensões explodiram uma guerra milionária com milhares de mortos.

Etiópia e Eritreia, em paz. E querendo conectar.

A guerra Eritreia-Etiópia durou até 2000, com um acordo de paz assinado em dezembro de 2012. Na última terça-feira, porém, a história ganhou um novo episódio e foi assinada uma “declaração de paz e de amizade” na cidade de Asmara, capital da Etiópia.

As linhas telefônicas entre os países foram, então, reconectadas pela primeira vez desde a separação, permitindo que habitantes de ambos os países liguem uns aos outros. O efeito disso foi inusitado e, após anos de um afastamento agravado pela violência do conflito, pessoas da Etiópia como da Eritreia começaram a ligar aleatoriamente para os seus vizinhos – uma forma de matar a saudade das pessoas depois de anos em conflito.

Toda essa alegria em poder comunicar com o país vizinho foi registrada no Twitter, demonstrando a felicidade das populações desses países em poder voltar a falar livremente com quem eles quiserem.

“Oh meu Deus, estou tão empolgado com essa história de EthioEritrea que acabei de ligar para um número aleatório em Asmara e tive uma agradável conversa com uma senhora chamada Frtuna e ela fala Amharic 😮😂😄😃😄😃 #Ethiopia #ThankyouAbiy”

“Isso fez a minha noite. Acabei de ligar para o hotel Crystal na #Eritreia e falei com a recepcionista. Estamos muito felizes. #Ethiopia #Eritrea”

Fonte: Fórum Econômico Mundial