O que o tempo ensinou para as marcas quando o assunto é publicidade no Dia dos Pais?

Uma mudança significativa na publicidade das marcas em relação à paternidade está na mudança das relações parentais, bem como o papel e a representação do pai na sociedade atual. As marcas se atualizam de acordo com os conceitos e ideias presentes na sociedade e em seu cotidiano. Pode-se considerar que a identidade paterna é alterada com o tempo, gerando novas formas de representação em diferentes contextos e isso reflete também nas comunicações das marcas. Para convencer o consumidor, as propagandas devem estar alinhadas com a realidade cultural, social e econômica do seu público nas suas representações. Alguns padrões de referenciais dominantes e formais com relação ao papel do pai foram mudando. Além disso, uma representação mais eclética de raças, idades e também opções sexuais já são vistas nas propagandas e muito bem aceitas pelo público de maneira geral.

Quando comparamos as ações de marketing e publicidade no Dia dos Pais versus a propaganda do Dia das Mães, percebemos que existem muitas adequações de acordo com a realidade cultural, social e econômica do público. O papel da mulher também mudou na sociedade nas últimas décadas. O empoderamento feminino, a aceitação da mulher com ela mesma e a redução do estereótipo ideal impactam no perfil das mães. Neste sentido, tanto nas campanhas do Dia dos Pais como do Dia das Mães, temos alterações em suas representações. No entanto, as campanhas do Dia das Mães sempre tiveram um forte apelo emocional e esse toque mais sensível e delicado, hoje, também permeia as campanhas voltadas para os pais, porque atualmente aceitamos que o homem desenvolva laços mais afetuosos com os filhos e que a eles também seja atribuída essa figura paternal carinhosa e não somente provedora, como antigamente.

Se o cenário dita mudanças comportamentais, sociais e econômicas, hoje as marcas, em sua maioria, já perceberam que não podem mais apenas vender o seu produto e excluir a comunicação com o público. A comunicação define o posicionamento da marca no mercado e a percepção do público. Por isso, é fundamental conseguir aproximar a marca dos seus consumidores atuais e potenciais, tornando-se um agente importante nos processos de decisão de compra. Os consumidores atuais, principalmente aqueles que já cresceram no mundo digital, são ativos, buscam informações, esperam respostas rápidas e suas decisões de compra vão além do produto. Esses consumidores compram também a atitude e o posicionamento das marcas com relação aos temas atuais da nossa sociedade. A marca pode fazer a diferença na maneira como transmite os seus valores e criar um vínculo com a sua comunidade. Nesse contexto, a comunicação de uma empresa é essencial para a construção da imagem da sua marca, conquistar notoriedade no mercado e os corações dos seus clientes.

Total
10
Shares