A automação já é uma realidade em muitos espaços de trabalho. Milhões de empregos já estão sendo destruídos, mas muitos trabalhos também serão criados, simultaneamente, nesse processo.

Para aqueles que estão no mercado de trabalho – ou para aqueles que acabam de ingressar pela primeira vez – a grande questão é: quais habilidades são necessárias para lidar com essa mudança monumental na economia? Como os humanos criarão valor em um mundo cada vez mais automatizado?

O TOQUE HUMANO

Abaixo tem um resumo das habilidades necessárias em 2020, e além, para aproveitar a paisagem movediça do novo mercado de trabalho.

Em suma, para aqueles que buscam garantir suas carreiras no futuro, a construção de competências em áreas que as máquinas dificilmente terão eficiência (ou seja, solução de problemas complexos, criatividade) é provavelmente a melhor receita para o sucesso.

O QUE É A QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL?

A Quarta Revolução Industrial baseia-se na inovação da Terceira Revolução Industrial para revolucionar segmentos produtivos em todo o mundo, tais como inteligência artificial, Internet das Coisas, veículos autônomos, nanotecnologia, energia renovável, computação quântica e biotecnologia.

Devido a essa explosão de novos campos surgirão novos mercados, que vão exigir um novo conjunto de habilidades. Cada vez mais, os robôs inteligentes assumirão alguns postos de trabalho, e novas funções serão criadas.

 

QUAIS SÃO AS 10 HABILIDADES QUE VOCÊ PRECISA?

1 – SOLUÇÃO DE PROBLEMAS COMPLEXOS: a habilidade para perceber relações entre segmentos e desenvolver soluções criativas para problemas que ainda estão por surgir, será extremamente útil para se manter à frente das IA’s.

2 – PENSAMENTO CRÍTICO: pessoas que podem transformar dados em interpretações perspicazes serão procuradas, devido à complexidade e interconexão de vários campos, como ciência da computação, engenharia e biologia.

3 – CRIATIVIDADE: a capacidade de lidar com a aleatoriedade e daí construir algo a partir de ideias é uma habilidade que valerá a pena agora e no futuro.

4 – GESTÃO DE PESSOAS: os robôs podem adquirir habilidades analíticas e matemáticas, mas não podem substituir os seres humanos em funções de liderança, que exigem habilidades interpessoais.

5 – COORDENAÇÃO COM OUTROS: a comunicação eficaz e as habilidades de colaboração em equipe serão uma das principais demandas dos candidatos a emprego em qualquer setor.

6 – INTELIGÊNCIA EMOCIONAL: qualidades relacionadas à inteligência emocional, como empatia e curiosidade, serão um grande fator de consideração para a contratação de gerentes do futuro.

7 – JULGAMENTO E TOMADA DE DECISÃO: a capacidade de condensar grandes quantidades de dados, com a ajuda de sistemas, em interpretações criteriosas e decisões ponderadas é uma habilidade que será útil na era da informação.

8 – ORIENTAÇÃO PARA SERVIÇOS: pessoas que conhecem a importância de oferecer valor aos clientes na forma de serviços e assistência estarão em demanda, pois as empresas precisam fornecer soluções para os problemas da sociedade.

9 – NEGOCIAÇÃO: a capacidade de negociar com empresas e indivíduos para chegar a uma situação vantajosa para todos é uma habilidade que será necessária para sobreviver nos setores afetados.

10 – FLEXIBILIDADE COGNITIVA: a capacidade de alternar entre diferentes personas para acomodar o desafio em questão será importante para ter sucesso em setores combinados.

 

QUAIS SERÃO OS 5 SETORES EM ASCENSÃO EM 2020?

1 – Tecnologia e Pensamento Computacional;

2 – Amparo e cuidado;

3 – Inteligência Social e New Media Literacy (Alfabetização por meios eletrônicos);

4 – Aprendizagem de longo prazo;

5 – Adaptabilidade e Negócios.

 

QUAIS SERÃO OS 10 EMPREGOS DE MAIOR DEMANDA EM 2020?

1 – Analista de dados;

2 – Técnicos médicos, fisioterapeutas e especialistas em ergonomia;

3 – Vendas e Especialistas em Marketing;

4 – Atendimento ao cliente;

5 – Analistas de gestão;

6 – Desenvolvedores de software e programadores de computador;

7 – Veterinários;

8 – Designers de produtos e criativos;

9 – Professores;

10 – Contabilistas e auditores.

 

Pode ser desanimador pensar no papel da automação no futuro – mas se você for contador, secretário jurídico, corretor de seguros, analista de crédito ou qualquer outra pessoa em um cargo com alto potencial para automação, seria prudente pensar, e muito, sobre o que você pode oferecer além do seu atual conjunto de habilidades e competências.

Aqui está apenas uma rápida olhada no potencial de automação de posições selecionadas, de acordo com um estudo da Universidade de Oxford:

Operador de Telemarketing 99%, Médico 0,4%, Preparador de Imposto 99%, Dentista 0,4%, Seguradora 99%, Analista de Sistemas 0,7%, Escriturário 98%, Enfermeira 0,9%, Secretária Jurídica 98%, Professora 1,0%, Analista de Crédito 98%, Microbiologista 1,2%, Farmacêutico 1,2%, Corretor de Imóveis 97%, Gerente de Vendas 1,3%, Assistente de Folha de Pagamento 97%, Engenheiro 1,4%, Contador 94%, CEO 1,5%, Analista de Orçamento 94%, Gerente de RP 1,5%, Técnico de Farmácia 92%, Arquiteto 1,8%.

Então, como nos preparamos para o sucesso futuro em um mundo onde até os corretores de imóveis provavelmente serão automatizados?

Há muitas considerações para o sucesso na carreira durante um período de mudanças significativas.

No entanto, há um bom argumento de que as habilidades – especialmente as habilidades sociais – são a base mais importante para se basear. Estes incluem coisas como a capacidade de se comunicar e trabalhar bem com os outros, resolver problemas e pensar fora da caixa, bem como outros aspectos da inteligência emocional.

Aqui estão algumas habilidades que os especialistas dizem que devem ser priorizadas:

  1. Solução problemas complexos

É verdade que a IA pode resolver problemas que os humanos não podem – mas também segue o caminho contrário. Quando a resolução de problemas precisa abranger vários segmentos e setores ou quando os problemas não são totalmente definidos, os seres humanos podem trabalhar de trás para frente para descobrir uma solução.

  1. Pensamento Crítico

As máquinas estão melhorando em aspectos do pensamento crítico, mas os seres humanos ainda são capazes de se conectar, interpretar e imaginar conceitos em um mundo cheio de ambiguidades e nuances. Um advogado pode identificar o posicionamento exato para apresentar um caso para um cliente, ou um profissional de marketing pode descobrir uma mensagem abrangente que possa ressoar com os consumidores.

  1. Criatividade

Criatividade requer um grau de aleatoriedade intuitiva que ainda não pode ser imitado pela IA. Por que o arquiteto desenhou o prédio de uma certa maneira, e por que o músico improvisou tocando um acorde fora do tom? É difícil explicar por que para um computador – mesmo que ainda esteja certo.

Outras habilidades importantes a considerar?

A gestão de pessoas, a coordenação com os outros, a tomada de decisões, a negociação e o serviço a outros também serão importantes no futuro.

Fonte: Fórum Mundial Econômico

Total
39
Shares