in

Entrevistas de Setups e Workflows: Gustavo Ziller

Estamos publicando semanalmente uma série de entrevistas com os setups e workflows de alguns amigos mais geeks. Mas o que são os setups e workflows exatamente?

Basicamente, como as pessoas usam a tecnologia para fazer o que fazem. Quais são seus computadores, laptops, celulares, apps e softwares e como elas os utilizam no seu dia-a-dia.

É uma maneira divertida e mais dinâmica de compartilhar dicas de produtos e processos utilizados por pessoas que estão o tempo todo lidando com isso.

Nosso convidado de hoje é o Gustavo Ziller.

01. Quem é você e o que faz da vida? 
Meu nome é Gustavo Ziller, estou protagonista de uma série do Canal Off chamada 7CUMES e professor e palestrante. Eu também atuo no mundo do empreendedorismo como mentor de algumas startups, sempre focado em design de negócios. E, poxa, escrevo pra caralho. Para o Update or Die, para Endeavor Brasil, pra mim, pro meu filho e minhas filhas, para revista Trip, livros e por aí vai, então acrescenta escritor na aba de habilidades.


02. Qual é o seu setup atual?
Uso um MacBook Air 13 polegadas com processador Intel Core i5 1.8 GHz e 4 GB rodando o macOS Mojave. Carrego na mochila um micro preamp valvulado Bellari VP 130 para usar com fones de ouvido, qualidade sonora é fundamental enquanto escrevo. Não uso mouse e nem monitor externos. É tudo compacto mesmo.


03. De onde veio seu wallpaper?
Não uso wallpaper. Modo escuro do Mojave (curti esse feature) com tudo preto no fundo.

o setup de Gustavo Ziller


04. Quais softwares/apps você usa rotineiramente e como você os utiliza?
Minha vida se resume a Keynote e GSuite. Do GSuite uso Sheets para gráficos e planilhas, Docs para textos, roteiros e derivados, e o Keep para anotações e referências. Uso muito o Forms para avaliações das minhas aulas e palestras.

05. Como seria um setup ideal? O que ainda falta acrescentar?
Eu ainda vou pegar um fone de ouvido hi-end e um DAC portátil para processar o som digital para analógico antes de passar pelo prézinho valvulado. E meu Mac tá começando a pedir penico, mas ainda insisto porque ele é um dos poucos computadores que aceita qualquer tipo de passador de slide, é impressionante.

06. Qual seu smartphone atual? 
Um Pixel 2 com 128GB rodando Android 9 limpo, leve e solto.

07. Quais os apps que você mais usa e porque?
A primeira ‘página’ do meu celular tem os nove apps que mais uso, na ordem: Whatsapp, Gmail, Calendar, Maps, Chrome, Netflix, Spotify, Camera e Instagram. E vale dar a dica de dois apps essenciais para quem mexe com imagem e fotografia, o Snapseed e o VSCO.

08. Quais apps você não conseguiria mais viver sem? 
Whatsapp é uma praga, muita coisa de email migrou pra lá. A rapidez para decisão de coisas diretas e simples é imbátivel. Impossível viver sem essa utilidade, se o zap acabar, que venha o substituto dessa função.

09. Qual é o seu tablet? 
Não uso tablet.

10. Como você usa seu tablet no dia a dia?
Engraçado que tablet não me pegou e nem a turma lá de casa, então tem um tempão que não temos mais. Não lembro o último que tivemos.

11. Quais os apps que você mais usa no tablet e como?
Se usasse seriam os mesmos, acho.

12. Qual é o seu watch? (marca, modelo, capacidade)
Suunto Summit 3 primeira geração, uma marca finlandesa que começou com foco no montanhismo, esporte que pratico.

13. Como você usa seu watch no dia a dia?
Exclusivamente para controle de treinos. Na verdade não gosto de usar relógio, só uso pra controlar os treinos que preciso fazer para meu projeto de montanhismo.


14. Quais os apps que você mais usa no watch e como?
O Suunto não roda apps como um smartwatch Samsung ou Apple. É um relógio parrudo de montanha mesmo, lembra a carcaça do G-Shock clássico, sabe?

15. Você trabalha em outros locais além da sua base “oficial”? O que leva?

Acabei de mudar de apartamento e uma das razões da escolha do prédio é a existência de uma sala de trabalho de 25 metros quadrados para cada um dos cinco andares no térreo. Estou reformando essa sala para receber meu local oficial. Até lá, sigo trabalhando de qualquer lugar; avião, coworking, casa de amigos, minha casa, escritório emprestado, etc.

Confira as outras entrevistas desta série

Rico Villas-Boas

Ricardo Cavallini

Lorenzo Mendoza

What do you think?

82 points
Upvote Downvote
Mentor

Written by Wagner Brenner

Fundador e editor do Update or Die!

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Loading…

0