in

O poder do “I don’t give a shit”.

Eis aqui um gráfico para mostrar a relação entre CRESCIMENTO PROFISSIONAL X DAR OUVIDO A CONSELHOS.

Obviamente que não vale apenas para profissionais, mas para qualquer objetivo, propósito, missão ou vocação que você tenha.

No começo de qualquer jornada você precisa ouvir o conselho dos sábios e mais experientes, acatando a cada um deles. Na primeira metade do gráfico você cresce à medida que vai dando ouvindo aos conselhos. É aqui que moram aquelas bons e velhos ensinamentos como “foque em uma coisa só”, ou então, “faça como o fulano de tal”. Aqui você foca, imita, aprende, vai adquirindo um perfil só seu, cresce, ganha experiência, adquire visão, quebra a cara, levanta, faz de novo. Pratica, pratica, pratica até ficar expert no assunto.

O segredo mesmo está na segunda metade do gráfico

Aqui é que muita gente boa trava. Cresce menos do que o que pode, porque acostumou-se a fazer o que já fazem, aprendeu a imitar, aprendeu a limitar-se ao que está “na moda”.

Claro, o amigão ou a amigona aqui, está sempre na vanguarda. Acompanha as matérias, conhece as inovações, muda conforme o mundo muda, surfa a onda, está sempre à frente.

O mar do que chamo “vanguarda da mediocridade”

Vanguarda, porque está à frente.
Mediocridade, porque nunca vai ultrapassar essa linha.

É onde entra o ” I don’t give a shit”
(o que traduzido para nosso bom português significa “tô nem aí”).

Tô nem aí para o que dizem, eu vou mudar essa porra aqui.
Tô nem aí se ninguém fez ainda, eu vou tentar.
Tô nem aí se me pedem cautela, eu já conheço o terreno e vou caminhar.
Tô nem aí se vou misturar duas áreas, vou seguir meu instinto.

O mar da verdadeira inovação está na segunda metade do gráfico. É onde passamos a navegar em águas que ainda não foram exploradas, onde o prazer está no risco nosso de cada dia, onde você pode ser único e fazer algo único.

É, enfim, a área que vai além da zona de conforto.
A zona de confronto.

Um lugar que para alcançar você terá que colocar as vendas a la Bird Box e seguir em frente. Onde não existem mais conselhos e com isso você precisará ouvir cada vez mais seu coração, dar voz à sua consciência e aprender agora com o maior sábio de todos: a experiência própria de ter tentado algo único.

Vai lá e faz!

Report

What do you think?

83 points
Upvote Downvote
Participant

Written by Thiago Balduino

Desde 2006 trabalhando com Branding. Não parece muito, mas porra! são 13 anos! E como eu amo o Branding! Todo meu trabalho é para que ele me ame de volta!

Years Of Membership

4 Comments

Leave a Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *