in

América do México homenageia o Chespirito

O América do México está lançando uma camisa em homenagem ao Roberto Gómez Bolaños, mais conhecido como Chespirito – o ator mexicano responsável por dar vida aos personagens Chaves e Chapolin.

O lançamento acontece no ano em que um de seus filmes mais famosos “El Chanfle”, completa 40 anos desde sua estreia. O América do México era o time de Chespirito, que morreu em 2014, aos 85 anos. 

Na trama do longa, o personagem interpretado pelo ator é Chanfle, um roupeiro do América do México que, na verdade, sonha em ser jogador. Sua esposa, Terê (Florinda Meza – sim, a Dona Florinda), sofre por não conseguir ter um filho após quase dez anos de casamento.

O filme é sobre o casal tentando ter um filho antes da final do campeonato de futebol – com ajuda do médico Dr. Nájera (Edgar Vivar, o Seu Barriga).

Participam ainda do filme Ramón Valdez, o Seu Madruga; Rubén Aguirre, o Professor Girafales; Maria Antonieta de las Nieves, a Chiquinha; e Carlos Villagrán, o Kiko. Até hoje, a obra figura na lista das maiores bilheterias do cinema do México.

A Nike, que é quem assina a nova camisa, se inspirou bastante no modelo usado pelo personagem Chanfle no filme para produzir a versão “real”.

Há, ainda, um lote especial, lançado em edição limitada – com 4014 unidades – com o número 14 nas costas (número que o personagem usou quando deixou de ser roupeiro e passou a jogar pelo time) com a assinatura do próprio abaixo do escudo do clube.

A comercialização da mesma fica restrita à loja oficial do América do México, localizada na Cidade do México. Já o lote tradicional, sem número e sem a assinatura, estará à venda nas demais lojas físicas e no site da Nike.


Calção azul e meiões laranjas completam o uniforme, que será usado pelo time em campo pela primeira vez durante o torneio Clausura do Mexicano.

O filme “El Chanfle” foi lançado no ano de 1978 e, em 1982, ganhou uma continuação, o “El Chanfle 2”. Além de estrelar como protagonista, Bolaños também assinou o roteiro da obra, que contou com a direção de Enrique Segoviano. 

O longa é citado em alguns episódios de Chaves, como o icônico “Vamos ao Cinema”. No episódio, a turma da Vila vai ao cinema e, em determinado momento, Chaves diz que “Teria sido melhor ver o El Chanfle”.

Na dublagem para o português, a fala virou a famisa: “Teria sido melhor ver o filme do Pelé”. 

Já ouviu, né?

What do you think?

82 points
Upvote Downvote
Veteran

Written by Gustavo Giglio

Updater, sócio do UoD, diretor de marketing/novos negócios.

100 Posts Mr. Postman!1000 Posts NinjaContent Author

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Loading…

0