in

Lemony Snicket – Desventuras em Série. Adultos incompetentes

A Series Of Unfortunate Events

Com a chegada do final da série produzida pela Netflix, sendo uma adaptação dos livros sinto a necessidade de comentar e indicar.

Desventuras em série conta a história de três irmãos órfãos que, após a morte de seus pais, se veem passando por diferentes tutores, responsáveis por cuidar deles. Porém, o problema surge quando Conde Olaf se torna tutor com a intenção de roubar a fortuna deixada como herança pelos pais dos órfãos.

O grande destaque da série está na capacidade de transmitir através de seus personagens situações que todos já passaram, criticando-as, ainda que de maneira um tanto cômica com um toque de humor negro. Por exemplo, em uma cena temos uma juíza obrigando todos a se vendar devido a justiça ser cega. Em outro momento, temos o seguinte dialogo: “Você está perguntando por que um adulto teria um comportamento moralmente questionável? Vai entender quando ficar mais velha”.

O show, que no começo de cada episódio nos aconselha a não assistir, acompanha Conde Olaf (Neil Patrick Harris), fazendo uso de disfarces incrivelmente absurdos junto com sua turma, enquanto ele persegue Violet (Malina Weissman), Klaus (Louis Hynes) e Sunny (Presley Smith) Baudelaire. Tudo isso em um mundo cheio de adultos incompetentes que se recusam a escutar as crianças Baudelaire, mesmo quando tentam avisar da presença de Olaf. Um sentimento que todas as crianças já devem ter passado em algum momento, o de não serem levas a sério, por mais que tentem.

Violet é a irmã mais velha, extremamente inteligente e com habilidade para inventar coisas. Klaus, irmão do meio, adora ler sobre qualquer coisa e é capaz de se lembrar de todos os livros. Por fim, Sunny, a mais nova, um bebê capaz morder qualquer coisa e se comunicar mesmo que apenas alguns entendam. Todas essas características conseguem nos trazer uma certa identificação e realmente torcer pelos personagens, ainda que saibamos que tudo vai dar errado enquanto transitam da fase “infantil” para o mundo adulto, com todas as suas falhas.

Concatenado com tudo isso, também é apresentada uma historia cativante, com cenários que, com uma aparência levemente cartunizada, são extremamente atraente para os olhos. Variando desde topos de montanhas, fundo do mar, casa de répteis, carros de banqueiros, até hospitais, cidades isoladas e casas flutuantes.

Considerando tudo isso, considero ser uma série extremamente recomendável tanto para adultos como jovens e que, por incrível que pareça, é uma das poucas adaptações que realmente ficaram boas (sendo baseada em uma série de livros de mesmo nome).

Reportar

Advocate

Escrito por Guilherme Martinez

Um jovem estudante de ciência da computação, com um certo amor por fotografia e cultura pop. É que de vez em quando tenta escrever alguma coisa. Além de amar lagartos, é claro.

Anos de UoDStory Maker

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Gostou do post?

82 points
Upvote Downvote