in ,

The Killers e Spike Lee em “Land of the Free”: uma crítica poética a Donald Trump

Mais que um novo single, o trabalho lançado pelo The Killers nesta semana é uma bem direcionada crítica a Donald Trump e sua política a favor das armas e contra imigração. E ainda conta com um reforço e tanto: Spike Lee, responsável por transformar o clipe em um curta sobre a questão.

“Land of the free” (“Terra dos livres”, em tradução livre) alfineta o presidente em sua letra com críticas como “Quando saio de carro, não penso duas vezes. Mas se você tem a cor errada de pele, cresce sempre olhando para os lados, na Terra dos Livres”;  “Temos mais pessoas trancadas que o resto do mundo, encarceramento virou um grande negócio”; e “Na fronteira, vão colocar um muro, concreto e vigas de aço. Alto suficiente para deixar todas aquelas mãos sujas longe de nossos sonhos e esperança, pessoas que querem apenas as mesmas coisas que nós”.

O filme mescla imagens captadas e recuperadas de pessoas alegres no México e em regiões da América central com o desafio de ultrapassar a fronteira, o confronto com policiais, muros, grades e arame farpado. Há também passagens mais poéticas, como um latino empinando uma pipa colorida sobre um grande muro.

Longe das melhores faixas do Killers, mas um baita trabalho, muito além da música. E uma boa lição. 🙂

What do you think?

82 points
Upvote Downvote
Enthusiast

Written by Karan Novas

Apresentador do "Rock Reclame" na Kiss FM, redator, roteirista e produtor de conteúdo. Apaixonado por criatividade. Fã do UoD, escrevo aqui sobre propaganda, marketing e outras cositas más.

Years Of Membership

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Loading…

0