“Dalí Vive” em ação de realidade virtual

Na última semana, dia 23 de janeiro, completaram-se 30 anos da morte de Salvador Dalí, principal ícone do surrealismo. E para trazer esse que foi um dos mais geniais artistas de volta à vida – na medida do possível, claro – o Dali Museum, localizado na Florida (EUA), está finalizando uma ação que colocará o próprio Salvador para recepcionar e conversar com os visitantes a partir de abril.

Tudo, novamente, graças à inteligência artificial. Intitulada “Dali Lives” (“Dalí Vive”, em tradução literal), a ação baseia-se numa tecnologia intitulada “Deepfake”, reunindo milhares de vídeos e entrevistas do artista para recriar, pixel por pixel, sua face e expressões. Essa “máscara virtual”, então, é aplicada sobre o rosto de um ator, que interpreta e reproduz seus os trejeitos.

Em tamanho real, a versão revivida de Dalí não vai apenas declamar textos pré-definidos, mas também interagir com os visitantes, comentar sobre sua obra, a arte e até sobre temas atuais. Os teasers da ação mostram um Dalí muito próximo do real (apesar da dublagem não ter ficado perfeita), com frases bem típicas dele, como “Eu não acredito na minha morte! Você acredita?”.

O projeto tem criação da agência americana Goodby Silverstein & Partners, que já tinha “trabalhado com o artista” antes. É dela o projeto “Dreams of Dali”, que transformou seu quadro “Reminiscência arqueológica de Angelus de Millet”, de 1935, em uma imersão em realidade virtual – um dos primeiros grandes projetos utilizando essas ferramentas, vencedor de diversos prêmios durante o ano de 2016, inclusive um ouro no Cannes Lions.

Aliás, se você tem o óculos por aí, sente em sua cadeira giratória e dê o play no filme aí embaixo, porque vale a pena! E já dá tempo de programar sua ida à Florida em abril, para ser recebido pelo próprio Salvador, “em pessoa”.

Default image
Karan Novas
Apresentador do "Rock Reclame" na Kiss FM, redator, roteirista e produtor de conteúdo. Apaixonado por criatividade. Fã do UoD, escrevo aqui sobre propaganda, marketing e outras cositas más.

2 Comments

  1. Bárbaro. Sempre fico dividida entre a genialidade e a cafonice do Dalí 😄 Mas a instalação é sensacional, sem dúvida.

  2. Priscila Zanganatto Mafra

Leave a Reply

Ad Blocker Detected!

Refresh