in ,

Sensorama; A primeira RV do mundo nasceu em 1955

Morton Heilig era conhecido como o pai da realidade virtual, e por boas razões, sua máquina Sensorama, que foi patenteada em 1962, é um dos primeiros exemplos de tecnologia multimodal. Heilig era um criador de multimídia em uma época em que o termo ainda sequer existia. Seu conceito de experiências multi-sensoriais semelhantes ao teatro foi apresentado em um artigo de 1955, The Cinema of the Future, onde ele fala sobre ser inspirado no conceito de ‘feelies‘ – filmes com aprimoramentos de elementos sensoriais – imaginado em um dos contos do livro de ficção científica de Aldous Huxley, Admirável Mundo Novo.

O inventor passou a construir o protótipo do produto para mostrar o conceito na prática, a ideia era de viver uma experiência imersiva de dois minutos, o usuário inseria uma moeda, se acomodaria em um assento, pegaria um par de alças e colocaria seus olhos nos orifícios de visualização (Vale dizer que o design inteligente incorporava luzes UV que esterilizavam equipamento após cada uso) cercado por respiradouros.

Havia cinco filmes para escolher, todos filmados pelo próprio Heilig usando uma câmera 3D que ele também inventou e construiu do zero, que filmava lado a lado 35mm simultaneamente, tinha capacidade para duas revistas de 120 metros, e ainda era pequena o suficiente para ser usado como um dispositivo de mão. Títulos intrigantes incluíam Belly Dancer, Dune Buggy e I’m a Coca-Cola Bottle. Em Motorcycle, a simulação leva você a um passeio por Nova York ao sentir o vento em seu rosto, ouvir os ruídos da cidade e até mesmo sentir o cheiro da comida nas lanchonetes e do escapamento do ônibus à sua frente.

É justo dizer que Heilig estava à frente de seu tempo, já que ele nunca conseguiu financiamento para levar seu projeto para a produção comercial, eventualmente o abandonou. Isso não significava que ele parou de se envolver em experiências imersivas. Na década de 1970, trabalhou como consultor para clientes como a Disney, ajudando a criar efeitos 3D, ilusões e salas de experiência que levaram a projetos como o “Thrillerama” (assunto para outro post). – O inventor faleceu em 1997, mas seu site – que ainda diz que está “em construção” – lista a máquina Sensorama para venda a um colecionador ou museu sério. O preço relatado nesta peça da história da RV é de US $ 1,5 milhão.

Reportar

Hero

Escrito por Julio Moraes

Julio Moraes é empresário e atua na área de estratégia e planejamento em Marketing & Digital há mais de 16 anos e conta com trabalhos em mais de 20 empresas nacionais e internacionais. Atualmente vivendo e trabalhando em Los Angeles e com trabalhos ganhadores do EMMY® - The Television Academy e indicados ao HFPA® Golden Globes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Gostou do post?

102 points
Upvote Downvote