in

Empresas fundadas por mulheres assinam manifesto pelo direito ao aborto nos EUA

Um anúncio foi veiculado no jornal The New York Times no dia de hoje.

Sete fundadoras de grandes empresas estadunidenses veicularam um anúncio de página inteira no jornal The New York Times em conjunto defendendo ao direito de aborto das mulheres. As organizações em questão são Clary Collection, Cora, Dama, Fur, LOOM, Sustain Natural e Thinx, e cada uma de suas precursoras assinaram a o anúncio com o respectivo logos da empresa de forma clara e objetiva ao lado. O Anúncio tem como título “O aborto é” com diferentes definições ao lado como “Um direito humano. Um direito constitucional. Uma escolha pessoal. Cuidar da saúde. Salva-vidas. Igualdade de gênero. Possuir seu próprio corpo. Não é um crime. Não está em debate.”


Tweet da Sustain Natural, que atua no segmento de preservativos e lubrificantes naturais e orgânicos, sobre o anúncio veiculado no mesmo dia com a assinatura das sete empresas.

O intuito do anúncio é, claramente, incentivar outras empresas a fazerem o mesmo. A continuação do texto, em tradução livre, segue abaixo:

“É hora de a América corporativa falar. Como mulheres e líderes empresariais, apoiamos o direito de escolher hoje e todos os dias. Por muito tempo, a América corporativa tem se mantido em silêncio sobre defender a saúde e os direitos sexuais e reprodutivos. Isso precisa mudar. Hoje, declaramos em voz alta e ousada que não nos calaremos em defesa dos direitos humanos fundamentais e desafiamos nossos pares na comunidade empresarial a fazer o mesmo. Agora é a hora de se pronunciar. Juntas, podemos derrotar esses ataques inconstitucionais aos nossos direitos”.

Contexto atual
Nas últimas semanas, diversos estados dos EUA (como Alabama, Missouri e Geórgia) aprovaram leis que restringem ou vetam o direito ao procedimento, que é garantido pela esfera federal do país. No dia de hoje, diversos manifestantes se reuniram em frente à Suprema Corte estadunidense (incluindo democratas que concorrem a nomeação partidária para as próximas eleições presidências) e diversos outras áreas do país, como  Lincoln, (Nebraska), Montgomery (Alabama), Austin (Texas), Atlanta (Geórgia), St. Louis (Missouri) entre diversos outros locais.

Manifestação ocorrida em Montgomery, no Alabama.

Refletir um ponto de conexão que pode ser extremamente forte (ao se mostrar empático) para clientes e prospects pode criar um vinculo afetivo com a marca de modo perpétuo. Por se exporem dessa forma, trazem um sentido ainda mais sincero pelo posicionamento direto e abertura a possíveis críticas. Mais do que um meio de cada marca se posicionar nos respectivos segmentos de atuação, é uma forma de contextualizar a marca historicamente.

Reportar

Expert

Escrito por Estevan Sanches

Publicitário, movido por tentar compreender as diferentes relações sociais que movem o nosso mundo. Membro no conselho do Centro Acadêmico 4 de Dezembro da ESPM.

Anos de UoDContent Author100 Posts Mr. Postman!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Gostou do post?

94 points
Upvote Downvote