Marcas de luxo estão de olho no mercado da cannabis

No fim do ano passado, o governo do Canadá determinou a legalização do uso recreativo da cannabis, o que parece ter sido o marco inicial do surgimento de toda uma nova indústria, que o SXSW espertamente apelidou de cannabusiness. Pois bem, agora os negócios da cannabis também estão chegando às marcas de luxo, o que pode causar um certo impacto a quem passou boa parte da vida vendo o consumo de maconha como algo feio, negativo e bastante estigmatizado.

Afinal de contas, quando um Canadá inteiro e mais 10 estados norte-americanos podem consumir cannabis sem medo, é interessante que esses consumidores também possam guardar seus aparatos de forma elegante. É nesse espírito que a marca de acessórios de luxo Edie Parker criou a linha Edie Parker Flower, que venderá não apenas a sua própria linha de strains canábicos, mas também trará acessórios para quem consome cannabis.

Dentre as opções disponíveis no site, será possível adquirir desde caixas de fósforo e sedas customizadas, isqueiros, cinzeiros, cigarreiras, recipientes para guardar a erva, bongs, entre outros, com preços a partir de 95 dólares. Segundo a FastCompany, a inspiração de Brett Heyman, fundadora da Edie Parker, é uma moda mais vintage, relembrando épocas onde o consumo de cigarro e de álcool eram celebrados.

Enquanto eu estava criando, pensei: ‘que elegantes acessórios para fumo eu poderia trazer ao mercado para atender aos meus inteligentes e sofisticados consumidores?

Brett Heyman, fundadora da Edie Parker Flower, sobre a criação da linha fashion para produtos canábicos

Para quem conviveu com a maconha segregada a ambientes mais reclusos e secretos, as imagens podem ser tão surpreendentes como saber que os produtos da Edie Parker Flower também estão à venda em plena Madison Avenue, em Nova Iorque, ao lado de marcas como Channel, Kate Spade e Tory Burch.

Default image
Jacqueline Lafloufa
Leave a Reply

Ad Blocker Detected!

Refresh