in

11 editores-chefe da Vogue e seus conselhos de carreiras

Os editores-chefes da Vogue compartilham as lições que lhes foram transmitidas e as que aprenderam.

A empresa convidou onze dos seus principais editores para compartilharem lições de carreira e vida, confira abaixo:

Karla Martinez, Vogue Mexico and Vogue Latin America: “Meu melhor conselho veio do meu pai, que era imigrante mexicano nos anos 70 nos EUA. Ele disse que sempre teve que trabalhar duas vezes mais por ser um imigrante e que eu também teria que fazê-lo. Em nossas carreiras, encontramos pessoas difíceis que precisamos aprender a trabalhar e não sermos dissuadidos. Ele também costumava dizer que você deve ter sua refeição antes de saborear a sobremesa – ou seja, ser paciente e fazer as coisas em ordem. Isso se aplica também às finanças – não compre coisas que você não pode pagar”.

Mitsuko Watanabe, Vogue Japão: “Não se torne um ‘crítico’ que critica de cima. É importante estar sempre curioso sobre coisas novas e o que está acontecendo agora e, acima de tudo, para se manter entretido com essas coisas”.

Emanuele Farneti, Vogue Itália: “Os leitores são preguiçosos. É dever da revista tornar as coisas claras, legíveis e significativas; Nenhum esforço deve ser exigido do leitor. As pessoas não se importam com problemas, tendências ou temas… As pessoas se importam com as pessoas. Seja qual for a revista que você está editando, as vicissitudes humanas são o que fazem a diferença”.

Eugenia de la Torriente, Vogue Espanha: “Muito cedo, recebi dois ótimos conselhos que, 20 anos depois, ainda uso quase todos os dias. A primeira é muito simples: ensine-se a ouvir diferentes opiniões e faça um esforço para compreendê-los e valorizá-los. O segundo é aprender a lidar com o desapontamento, pois você sempre pode aprender alguma coisa. É nas sombras que você constrói um sucesso futuro”.

Holly Shackleton, Vogue International: “Originate, don’t imitate.” Isso é de Terry Jones, que começou sua carreira como diretor de arte da Vogue britânica em 1972 e lançou o i-D – usando esse adágio – oito anos depois”.

Masha Fedorova, Vogue Rússia: “Na moda e no mercado de publicações, as horas de trabalho são longas. Você trabalha muito até cair – não é tudo festas de luxo e glitter. No entanto, uma das coisas importantes a lembrar é que você precisa se sentir inspirado para criar conteúdo novo e emocionante constantemente. Você realmente deve sair e viver a vida – conhecer novas pessoas, construir amizades, nutrir novas idéias e desenvolver contatos de trabalho. Em nossa indústria, é muito importante manter o dedo no pulso, e sempre saber o que está acontecendo. Trabalhe muito, mas não se esqueça de jogar com o dobro do entusiasmo”.

Angelica Cheung, Vogue China: “Não desista facilmente. Você tem que perseverar durante um longo período de tempo para provar a si mesmo.”

Christiane Arp, Vogue Alemanha: “Eu encontrei este bom conselho de uma editora de revistas jovem e inovadora no início de minha carreira: ‘Você deveria ir além dos limites, alcançar a lua. Pense de forma criativa, livre e fora do caminho. Confie em seus instintos e acredite em si mesmo. Se você acredita em si mesmo, o mundo é sua ostra’ ”.

Priya Tanna, Vogue Índia: “Aproveite a jornada – é mais importante que o destino. Este conselho me manteve em bom lugar na minha carreira de 26 anos. Eu gostava de cada show, cada trabalho e um sempre me levou para o próximo. Eu dei meu tudo ao processo, e o resto seguiu. Você é tão bom quanto o time que você tem. Eu sempre trabalhei com as pessoas mais incrivelmente talentosas, e é importante que elas estejam cientes disso de vez em quando. E, finalmente, não há atalhos para o sucesso. Então eu não fui procurar por nenhum.”

Emmanuelle Alt, Vogue Paris: “Karl Lagerfeld me disse: Siga seus instintos.”

Sky Wu, Vogue Taiwan: “O conselho de outros é baseado nas experiências de vida de outras pessoas, não nas suas. Seja fiel a si mesmo e mantenha a fé. Você sempre descobrirá o que virá a seguir e saberá como ir em frente. ”

Tem mais conteúdo interessante no portal Vogue Business, lançando este ano pela Condé Nast International de Londres.

Reportar

Legend

Escrito por Julio Moraes

Julio Moraes é empresário e atua na área de estratégia e planejamento em Marketing & Digital há mais de 16 anos e conta com trabalhos em mais de 20 empresas nacionais e internacionais. Atualmente vivendo e trabalhando em Los Angeles e com trabalhos ganhadores do EMMY® - The Television Academy e indicados ao HFPA® Golden Globes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Gostou do post?

109 points
Upvote Downvote