21.8 C
Sao Paulo
19/11/2019
Sem categoria

Cannes Lions 2019: 11 finalistas brazucas do fim de semana

Começou! Inicia-se hoje, em , na França, o festival Lions. Até sexta-feira (21), serão premiadas as principais campanhas publicitárias do mundo todo, e como é de praxe, o festival anunciou durante o fim de semana mais alguns finalistas, e o Brasil está representado em todas as categorias, somando 88 finalistas: 29 em Outdoor, 23 em Print & Publishing, 13 em Design, 9 em Health & Wellness, 8 em Film Craft e 6 em Pharma.

Antes que os vencedores comecem a ser anunciados na tarde de hoje, separei 11 finalistas brazucas que me chamaram a atenção pela criatividade ou pela solução encontrada. Prepare-se para dar alguns plays:

Categoria Print & Publishing

Dirnk Repsnosilby, da Ambev (pela Sunset DDB), merece o primeiro destaque pela sagacidade da ideia, que é simples o suficiente, mas que passa muito bem a mensagem. A ousadia das marcas de topar alterar um pouco seus logos também merece palmas.

Judgeable Covers Collection, da e-galáxia (pela Africa), ajuda quem escolhe um livro pela capa a ter opções mais interessantes de leituras – com as mesmas capas e designs chamativos de outros títulos. Provocador, no mínimo.

Smartsolution, da Vivo (pela Africa) me surpreendeu pela “reciclagem” de tecnologia que passa antes pelo conceito de resignificação do uso, transformando smartphones antigos em leitores de livros digitais.

Outros concorrentes brasileiros em Print e Publishing compilados pelo Leonardo Araújo neste link.

Categoria Design

History Blocks, da Unesco (pela Africa) mostra como integrar o Minecraft que as criança são fãs com os assuntos culturalmente importante do mundo real. Digital e IRL juntos é sempre algo que me encanta.

The Real Machado da Faculdade Zumbi dos Palmares (pela Grey) mostra que revisionismo histórico pode sim ser necessário até para garantir a representatividade, ressaltando a real cor de pele de Machado de Assis, que foi historicamente (e erroneamente) embranquecido para facilitar a aceitação de sua obra.

Bike Clandestina, da Rocky Mountain Sports Content (pela Talent Marcel, que também concorre em Outdoor) é uma sacada genial e provocativa sobre os impostos cobrados em bicicletas, esse item de esporte (e também de transporte) que tem taxas maiores do que a dos impostos de móveis. A indignação se transforma em uma excelente provocação.

A Claudia Penteado fez a lista completa dos finalistas brasileiros em Design – neste link.

Categoria Outdoor

Hashtags da Arte, do Museu Nacional de Belas Artes (pela NBS) me cativou pela simplicidade do uso de hashtags, que são parte do cotidiano de jovens e jovens adultos, para ajudar a interpretar e contextualizar arte. Vira um jeito interessante de levar a galera para dentro do museu.

Real Time Mic, do portal Metrópoles (pela Leo Burnett Tailor Made) também é outro caso do simples e sagaz: um reloginho na canopla dos microfones do jornal Metrópoles dão conta da hora que o material começou a ficar disponível no site, fazendo um “mic-bombing” na cobertura televisiva.

Sem rampa, calçada é muro! da ONG Movimento SuperAção (pela Z+ Havas) aposta na arte que chama a atenção para a sacada sensacional de que para os deficientes que circulam com cadeiras de rodas, a falta de rampas de acesso funciona como um muro que limita e restringe a circulação. E muro costuma ter grafiti, não é mesmo?

The Grand Finale, da Heineken (pela Publicis) mistura música clássica e final de campeonato de futebol em uma única experiência, deixando claro que uma boa trilha pode sim alterar a forma como a gente experimenta quase qualquer coisa.

O painel que gela cerveja, da Amstel (pela JWT) também me pareceu um bom insight para os dias de carnaval, em que a galera vai para a rua com os coolers nas costas, mas nem sempre consegue garantir a boa temperatura da bebida. Uma boa forma de fazer os painéis se tornarem queridos pelos foliões.

O Leonardo Araújo também fez uma listinha completa com os brasileiros finalistas em Outdoor neste link.

Esses são os 11 que eu destaco, mas você também pode conferir os brazucas que estão na final de Pharma (neste link), Health & Wellness (neste link) e Film Craft (neste link).

Posts Relacionados

A geração Z acabou com a identidade nacional

Gustavo Giglio

25 de 33: os resultados das apostas de Karan Novas para o Cannes Lions 2019

Jacqueline Lafloufa

The New York Times arremata 2° Grand Prix em Cannes

Jacqueline Lafloufa

Comente

Ad Blocker Detected!

Refresh