Criatividade

Product placement: quantos produtos você já comprou por influência de um artista?

Quantos produtos você já comprou por influência de um artista? Conhecido no Brasil como “merchan”, uma das estratégias da publicidade é se inserir em um universo que já tem uma base de fãs para mostrar a esse público o que a marca tem a oferecer.

O product placement – nome real da técnica – é muito comum em doramas, como são conhecidas as novelas sul-coreanas, e tem uma pegada um pouco diferente do que se costuma ver por aqui no Brasil.

O dorama Touch Your Heart, da TvN, estrelado por Yoo In-na e Lee Dong-Wook, é uma comédia que mostra o romance de uma atriz famosa – porém em baixa por supostos escândalos – com um advogado.

Com o objetivo de recuperar a sua imagem, a atriz aceita o desafio de trabalhar em uma empresa de advocacia. Na função de secretária do advogado workaholic, ela faz uma imersão para se preparar para o dorama fictício no qual terá a oportunidade de ser protagonista. A partir daí, vem o desenrolar da história que, além do que se espera – ser fofo -, tem personagens secundários hilários.

No roteiro, várias interações com marcas acontecem. Em uma contagem rápida, nos seus 16 episódios, pode-se citar: uma linha masculina da Chanel (perfumes e itens para rosto), a tradicional Samsung (celular) que aparece com frequência nessas produções, Kanu (alimentício), Tik Tok (app), Tinder (app), Subway (fast-food), Stonehenge (joia), Volkswagen (carro), Maxim (café), além outras de marcas de alimentos, bebidas, eletrodomésticos e aplicativos que interagem com o elenco – algumas internacionalmente conhecidas, outras em atividade no território sul-coreano.

Inserção da Chanel

O Subway, por exemplo, é cenário de conversas entre os personagens simulando um dia a dia comum. A Chanel aparece na rotina do protagonista antes de sair de casa e como presente. As marcas de café e de bebidas estão sempre na cozinha da empresa enquanto os personagens conversam.

Café Maxim

Até uma cena cômica foi criada no contexto para divulgar um aplicativo: na história, o advogado protagonista abrigou temporariamente um amigo em sua casa, mas sempre pergunta quando ele irá se mudar. Em um desses momentos, ele dá uma indireta (bem direta) para o amigo sugerindo um aplicativo de imóveis no qual são apresentadas suas funções interativas, como uma solução para acabar com suas desculpas.

O lado negativo é que quando você começa a prestar atenção que estão aparecendo as marcas, fica difícil ignorar e percebê-las como algo “não pensado”, ainda mais quando são muitas. No entanto, Touch Your Heart dá uma aula de marketing e, no geral, cria uma harmonia boa entre o roteiro e os produtos. Vale a pena assistir: tanto para estudo, quanto para se divertir.

Nota da autora: não pude ignorar um café Maxim quando fui a um restaurante coreano. Uma venda, pelo menos, com certeza foi convertida.

Comente

Ad Blocker Detected!

Refresh