Sem categoria

Cannes Lions | a necessária Madonna Badger

Você já conhece Madonna Badger? Pois deveria. Nós devemos muito para ela no que se refere à luta pela diminuição da objetificação e banalização da imagem da mulher na comunicação. Por movimentos como o #WomenNotObjects, por exemplo, os jurados do Cannes Lions passaram a receber um pedido de empatia e análise sobre o uso estereotipado e hipersexualizado de mulheres nas campanhas.

Para ficar ainda mais claro, espie a explicação neste vídeo, gravado no Cannes Lions do último ano:

Hoje ela voltou ao palco do Palais para falar sobre seu novo projeto de impacto social, o #NoKidsInCages, cuja ativação contou com 25 gaiolas espalhadas de forma estratégica em Nova Iorque, que ainda traziam uma simulação de crianças cobertas, além dos sons de choro e desespero. A cena perturbadora foi montada como protesto, em apoio às mais de 3.000 crianças separadas dos seus pais nas fronteiras.

https://youtu.be/PWBBGHiOv9w

Para Madonna, ao nos movimentar para garantir o respeito e a justiça, deixamos uma mensagem para a nova geração sobre quem podemos ser, em inclusão, liberdade e igualdade de oportunidade. O silencio que dita nossas relações precisa ser anulado e substituído por empatia e representatividade. Cada um de nós precisa ser parte do “rise up”.

Posts Relacionados

A geração Z acabou com a identidade nacional

Gustavo Giglio

25 de 33: os resultados das apostas de Karan Novas para o Cannes Lions 2019

Jacqueline Lafloufa

The New York Times arremata 2° Grand Prix em Cannes

Jacqueline Lafloufa

Deixe seu Comentário

Ad Blocker Detected!

Refresh