in ,

Carrinho de sorvete em Los Angeles cobra o dobro de influenciadores

Quem pede casquinha grátis em troca de post ganha “multa” no preço do sorvete

A crítica aos “pagamentos por permuta”, onde um serviço é trocado por um tipo de benefício, é uma crítica comum com quem trabalha com criação de conteúdo. Mas parece que cada vez mais o feitiço tem virado contra o feiticeiro.

Em Los Angeles, nos EUA, um carrinho de sorvete iniciou uma campanha para “multar” os influenciadores que pedirem uma casquinha grátis em troca de um post nas suas redes: vão precisar pagar o dobro para consumir o produto.

“Não estamos nem aí para quantos seguidores você tem, e ficamos com vergonha alheia quando você nos conta” – diz a postagem feita nas redes sociais do carrinho de sorvetes CVT Soft Serve.

We couldn’t care less about how many followers you have, and we’re super embarrassed for you when you tell us.

Posted by CVT Soft Serve on Friday, June 28, 2019

We’ve decided to make this thing official with signage. We truly don’t care if you’re an Influencer, or how many…

Posted by CVT Soft Serve on Sunday, June 30, 2019

“Decidimos oficializar com esse aviso. Realmente não estamos nem aí se você é um influenciador, ou quantos seguidores você tem. Jamais vamos te dar um sorvete em troca de um post na sua página em uma rede social. De verdade, custa 4 dólares… mas agora é 8 dólares pra você” – explica o carrinho em sua página no Facebook.

Essa não é a primeira vez que uma marca ou empresa se irrita com os pedidos de permuta dos influenciadores, que são comparados com uma espécie de “carteirada da contemporaneidade”- participantes de reality shows e influenciadores digitais já tiveram seus pedidos de produtos ou serviços em troca de exposição negados por restaurantes famosos e hotéis de luxo.  Talvez já tenha passado da hora de alterar a abordagem.

via Newsweek, dica do Rene de Paula

Reportar

Mentor

Escrito por Jacqueline Lafloufa

Jornalista freelancer há 10+ anos, já escreveu e editou para grandes publicações brasileiras (Galileu, UOL, B9, Tecnoblog). Também transforma suas pesquisas jornalísticas em apresentações públicas – como palestras, oficinas e debates. Eventualmente atua como ghostwriter, com experiência em produção de conteúdo. Em oportunidades especiais, faz tradução literária do inglês para o português. É pós-graduada em comunicação digital (USP) e jornalismo científico (Unicamp), e bacharel em estudos literários.

Content Author100 Posts Mr. Postman!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Gostou do post?

56 points
Upvote Downvote