in ,

Uma edição “livre de Trump” da New York

Em oposição à onipresença de Trump na mídia, revista publica edição sem nada sobre ele

Focada em atualidades, a revista New York da primeira quinzena de julho promete falar de várias coisas, menos de Donald Trump.

A edição funciona como uma contraposição na vibe “só notícia boa” se comparada com a capa anterior, que trouxe a escritora E. Jean Carroll denunciando o assédio que ela sofreu de Trump há 23 anos.

Ironicamente, a única menção a Trump acontece em letras garrafais na capa da mais recente edição da revista – o que foi rapidamente percebido pela audiência nos canais sociais da New York Magazine.

Reportar

Mentor

Escrito por Jacqueline Lafloufa

Jornalista freelancer há 10+ anos, já escreveu e editou para grandes publicações brasileiras (Galileu, UOL, B9, Tecnoblog). Também transforma suas pesquisas jornalísticas em apresentações públicas – como palestras, oficinas e debates. Eventualmente atua como ghostwriter, com experiência em produção de conteúdo. Em oportunidades especiais, faz tradução literária do inglês para o português. É pós-graduada em comunicação digital (USP) e jornalismo científico (Unicamp), e bacharel em estudos literários.

Content Author100 Posts Mr. Postman!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Gostou do post?

96 points
Upvote Downvote