in

Google Maps quer facilitar a vida de quem anda de ônibus

Ferramenta mostra quando o transporte público, incluindo ônibus, trem e metrô, está lotado .

O Google Maps não passava por atualizações em sequência há tempos. Agora, a ferramenta está investindo em auxiliar quem utiliza transporte público e anuncia uma novidade: um medidor de lotação. 

O mecanismo recém-lançado que mostra se o próximo trem, metrô ou ônibus prestes a passar no seu ponto está lotado foi desenvolvido graças a um banco de dados de viagens anteriores alimentado ao longo dos últimos anos, além de pesquisas com usuários frequentes das linhas.

Durante o processo de desenvolvimento do projeto, o Google analisou relatórios de lotação de usuários do Google Maps entre ou meses de outubro de 2018 e junho de 2019, entre os horários de 6h e 10h, para identificar, assim, quais linhas que sofrem mais com aglomerações. Entre os dados obtidos, está o de que Buenos Aires é a campeã de linhas mais lotadas, com três (Urquiza Line, Line A e Line C), empatada com São Paulo, também com três (Linha 11 – Coral, Linha 8 – Diamante e Linha 9 – Esmeralda). No ranking de linhas mais lotadas aparecem ainda Paris (Line 13), Tokyo (Chuo Line e Nippori-Toneri Liner) e New York (L Train). 

Já disponível em 200 cidades ao redor do mundo, a função apresenta, além da informação sobre a lotação do veículo, detalhes sobre o tráfego em tempo real, como quanto tempo ele vai demorar pra chegar, se ele está lotado, quanto tempo durará a viagem com base nas condições atuais entre outros. 

No Brasil, as primeiras cidades a contarem com a tecnologia de informação sobre tráfego em tempo real são Brasília, Recife e Salvador. Já as que recebem a ferramenta que informa a lotação dos ônibus, trens e metrôs são Rio de Janeiro e São Paulo. 

O Google tem trabalhado em novas funcionalidades para o Google Maps desde maio deste ano. Entre outras novidades, foram anunciadas ferramentas que incluem fotos dos pratos mais famosos dos restaurantes listados na plataforma e outra que apresenta o registro em tempo real da velocidade do usuário e localização exata de radares nas estradas – funções estas que o aproximam cada vez mais do Waze, que já conta com essas opções desde seu lançamento.

Reportar

Hero

Escrito por Gustavo Giglio

Updater, sócio do UoD, diretor de marketing/novos negócios.

100 Posts Mr. Postman!1000 Posts NinjaContent AuthorStory MakerVotador!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Gostou do post?

37 points
Upvote Downvote