Medalhas Olímpicas de 2020 serão feitas com material reciclado de smartphones

O comitê organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 anunciou que o metal que será usado nas medalhas de ouro, prata e bronze para os Jogos Olímpicos – do próximo ano – será recuperado de smartphones e aparelhos antigos.

O comitê tem reunido aparelhos doados desde 2017 e, de acordo com The Verge, acumulando 78.895 toneladas de telefones, tablets e outros dispositivos descartados, dos quais eles extraíram ouro, prata e bronze.

Foram tantas doações para o projeto que o comitê organizador de Tóquio 2020 foi capaz de colher 32 quilos de ouro, 3.500 quilos de prata e 2.200 quilos de bronze – de um total de 6,21 milhões de smarphones e aparelhos antigos. Só o ouro vale US $ 1,4 milhão por conta própria – mas todo o metal será utilizado exclusivamente para as medalhas. E a ação também nos faz pensar em nosso lixo digital deste novo mundo, digital e conectado.

Default image
Julio Moraes
Julio Moraes é empresário e atua na área de estratégia e planejamento em Marketing & Digital há mais de 16 anos e conta com trabalhos em mais de 20 empresas nacionais e internacionais. Atualmente vivendo e trabalhando em Los Angeles e com trabalhos ganhadores do EMMY® - The Television Academy e indicados ao HFPA® Golden Globes.
Leave a Reply

Ad Blocker Detected!

Refresh