in

Brian May quer novo Live Aid

Agora, para combater as atuais mudanças climáticas presenciadas pelo mundo todo.

O guitarrista do Queen, Brian May, sugere um novo grande show, como foi o Live Aid, em 1985, só que desta vez teria como objetivo combater as atuais mudanças climáticas presenciadas pelo mundo todo. 

A banda foi um dos destaques do line up do concerto icônico que contou ainda com U2, Phil Collins, Madonna, Elton John, David Bowie, Mick Jagger entre outros. Realizado em 13 de julho de 1985, o evento foi organizado por Bob Geldof e Midge Ure e tinha como objetivo arrecadar fundos para acabar com a fome na Etiópia. O local escolhido para as apresentações foi o Wembley Stadium, em Londres, e o John F. Kennedy Stadium, na Filadélfia, com alguns artistas se apresentando ainda em Sydney, Moscou e Japão. Na época, o show foi um verdadeiro marco, tornando-se uma das maiores transmissões em larga escala por satélite e de televisão da História – estima-se que 1,5 bilhão de pessoas, em mais de 100 países, tenham assistido a apresentação ao vivo.

As expectativas iniciais eram de uma arrecadação em torno de 1 milhão de libras, valor esse que foi superado em larga escala: o montante final arrecadado girou em torno das 150 milhões de libras. Após o Festival, diversos discos e vídeos piratas com os concertos do Live Aid circularam livremente. O evento nunca foi planejado para ser lançado comercialmente mas, em novembro de 2004, a Warner Music Group lançou um DVD quádruplo para tentar dar um fim à pirataria. 

Em entrevista ao Daily Mirror, o guitarrista do Queen afirmou que um novo Live Aid demandaria esforços e participação ativa da geração mais jovem. Ele disse ainda que estaria disposto a ajudar da maneira que fosse possível, mas que o evento dependeria totalmente desses artistas e público mais jovens para acontecer. Para May, ainda com a saturação de shows e festivais musicais hoje em dia, reunir um público como o do Live Aid de 85 não seria tão fácil. 

De certa forma, um Festival mais ou menos no propósito do que Brian May sugeriu já acontece: é o Global Citizen Festival, realizado em Nova Iorque, nos EUA, com duração de um dia. Criado em 2015, o show surgiu para marcar o estabelecimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, os chamados ODS, uma “lista de tarefas” para acabar com a pobreza global extrema até o ano de 2030 – entre eles, está justamente o combate às mudanças climáticas. 

Ao contribuir para atos de caridade no site, incluindo assistir vídeos e assinar petições, as pessoas podem obter bilhetes gratuitos para o festival. Além disso, os organizadores estão se esforçando para tornar o evento global através de um live-streaming em locais públicos. 

Embora não tenha sido o primeiro show beneficente, o Live Aid se destacou em seu tamanho e impacto. Abaixo, o show do Queenn (que pode, também, ser revisto no filme vencedor do Oscar “Bohemian Rhapsody”, baseado na vida do vocalista Freddie Mercury). 

Reportar

Legend

Escrito por Gustavo Giglio

Updater, sócio do UoD, diretor de marketing/novos negócios.

100 Posts Mr. Postman!1000 Posts NinjaContent AuthorStory MakerVotador!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Gostou do post?

36 points
Upvote Downvote