Designer chinesa cria talheres feitos com amido de milho

A designer chinesa Qiyan Deng desenvolveu como projeto de mestrado uma coleção de talheres biodegradáveis, feitos de amido de milho, que ela batizou de Graft. O projeto tem como objetivo reduzir o uso de plástico de talheres descartáveis convencionais

O formato das peças é inspirado em frutas e vegetais, como cenoura e salsão. Na apresentação do projeto, Deng explicou que a matéria-prima utilizada por ela é chamada bioplástico – biodegradável, ele não agride o meio ambiente e evita a excessiva produção de lixo, especialmente nas grandes cidades. Os talheres de bioplástico viriam, então, para substituir o uso de plástico em talheres descartáveis convencionais – vale lembrar aqui que o ranking dos países que mais produzem plástico no mundo tem a China, país da designer, ocupando o segundo lugar, e o Brasil ocupando o quarto. O primeiro é dos Estados Unidos e, o terceiro, da Índia.

Para desenvolver seus talheres, Qiyan trabalhou em duas etapas diferentes. Na primeira, ela utilizou resina para encontrar o melhor formato e aplicação de cada um. Em seguida, contou com a ajuda de uma impressora 3D para reproduzir nos objetos as características dos próprios alimentos nos quais eles foram baseados.

A ideia ainda é um protótipo e, atualmente, a designer procura patrocinadores para financiar a produção da sua invenção e, mais tarde, sua comercialização. 

Default image
Gustavo Giglio
Updater, sócio do UoD, diretor de marketing/novos negócios.
Leave a Reply