21.8 C
Sao Paulo
19/11/2019
educação Tecnologia

Como montar e publicar um Podcast

Faço desde 2005. Acho que já fiz mais de 1000 episódios de entre os meus pessoais (ADD, AAA, Especiais de bandas, etc) e os corporativos. Inclusive o primeiro podcast corporativo do Brasil foi desenvolvido por nós do Estudio Mellancia (lá em 2005) em parceria com a Diretta Web Design. Era o podcast da .
Enfim… vamos ao que interessa.

O que você precisa fazer para montar um podcast?

Primeiro você tem que ter o áudio. O conteúdo. Para isso sugiro baixar o Reaper

O Reaper é um DAW (Digital Audio Workstation) super fácil e intuitivo de usar. O melhor de tudo? Ele é grátis (você pode comprar se quiser, é baratinho também. Pense nisso se vc usar muito, não custa nada ajudar os desenvolvedores).

Clique AQUI , baixe e instale.

Com o Reaper instalado é hora de começar a gravar. Vamos às perguntas:

01. Qual será o conteúdo do seu podcast?

Entretenimento? Tecnologia? Culinária? Bate-papo? Não importa o conteúdo, mas pense antes de gravar. Procure informações, escreva um texto base para não se perder, faça uma .

02. Quem vai participar do podcast?

É você sozinho? Tem mais gente envolvida? você vai gravar as outras pessoas? Ou elas vão mandar só trechos de áudio? Pense nisso também.
O bom do Reaper é que ele aceita qualquer formato de áudio. Você pode pedir pros seus colaboradores enviarem áudio pelo WhatsApp, baixar e colocar direto no Reaper, por exemplo. Ou gravar uma conversa pelo Skype e também jogar lá dentro que funciona.

03. Qual a duração média de cada programa?

5 minutos? Meia-hora? 1 hora? Pense nisso também. Dependendo do conteúdo vale você aprofundar o assunto em mais episódios do que deixar as pessoas ouvindo sem parar um podcast de 3 horas.

04. Qual é o público que você quer atingir?

Por exemplo, um podcast sobre tecnologia. Quem é o público? Ouvintes comuns que podem se interessar pelo assunto ou gente mais “por dentro” do assunto, que pode se interessar por temas mais específicos?
Num podcast sobre culinária. São novatos na cozinha que vc quer como ouvintes ou gente mais expert?
E, para todos os assuntos, pense num grau de conhecimento que seus ouvintes devem ter para entender. Não adianta fazer um podcast sobre Redes Neurais de , ser super específico no assunto, mas achar que todo e qualquer leigo no assunto vai ouvir, entender e gostar. Se esse é o caso, pense em fazer uma introdução ao assunto para o leigo. É uma chance de ter mais ouvintes.

05. Qual a “ordem” do seu podcast?

Eu vou priorizar a interação com os ouvintes? Então começo com as mensagens que eles me enviaram.
Eu vou priorizar os convidados? Então começo contando um pouco sobre o convidado do episódio.
Eu vou priorizar o conteúdo? Vale fazer uma “escalada” (como no começo de jornais, onde os apresentadores falam as principais manchetes na ordem que elas vão aparecer durante o programa) logo no início.

Com tudo isso pensado e delineado, vamos ao equipamento.

Recomendo comprar um microfone razoável. Não precisa ser nada caro, nada muito sensacional. Um microfone que capte a voz de uma maneira clara e límpida já ajuda.
Se quiser comprar o microfone depois de publicar e ver a viabilidade do podcast, grave direto no celular. Sim, o microfoninho quebra um galho e dá prá dar um “tapa” na qualidade de som dentro do Reaper.
Um fone de ouvido razoável também é bom. A maioria dos seus ouvintes (diria de 99%) vai ouvir o podcast por um dispositivo móvel ou no computador enquanto faz outras coisas.
E geralmente as pessoas usam fones para isso. Nada melhor do que ouvir seu podcast no fone, para saber como os ouvintes vão receber seu conteúdo e em qual qualidade.
Pronto.
Reaper instalado, microfone ligado no computador.
Escolha um lugar sem muito barulho de fundo, com pouca reverberação. Sugestão? Um escritório com tapete, um quarto com tapete, cama e quadros na parede. Ou até o closet ou o seu armário com as roupas penduradas. Esses lugares tiram um pouco da reverberação ambiente, dando à sua voz uma qualidade melhor, sem aquele famoso “eco de banheiro”.
Clique com o mouse direito na parte cinza escuro do Reaper e clique em “Insert New Track”.

Daí clique na bolinha vermelha da nova track para deixar o canal pronto para gravar.
Fale alguma coisa no microfone.
Não deixe que essa barrinha amarela do lado chegue no vermelho, senão sua voz fica distorcida.

Se isso acontecer, diminua o volume de entrada do seu microfone.
Agora aperte o botão vermelho lá embaixo do Reaper para começar a gravar.

Note que na parte cinza claro um arquivo começa a aparecer. É a sua voz.
Quando terminar de gravar aperte a barra de e salve o que vc gravou.

Edição

Edição é aquela parte que você organiza e limpa tudo que foi gravado.
Primeiro desselecione o imã lá no canto superior esquerdo.

Isso faz com que o Reaper funcione sem o uso de grid, que é algo baseado em beats per minute e vai limitar muito onde vc pode cortar seu áudio.
Agora comece efetivamente a editar.

Antes de editar:

Depois de editar:

Esse vídeo aqui explica como editar e gravar, inclusive como adicionar trilha de fundo e mixar. Super simples.

"15 Super Dicas Para Iniciantes Usarem O Reaper" |INìCIO, MEIO E FIM|

Depois disso tudo feito, é hora de publicar seu podcast.

Publicando o podcast

Primeiro, seu arquivo tem que ser mp3. Salve o mp3 com 320kbps, que é a melhor/maior qualidade de som que vc pode ter. Aí você tem que usar um “host” de podcast, que vai cuidar para que seu programa fique disponível em todas as plataformas que vc quiser, para quem quiser ouvir. Eu, atualmente, tô usando o Buzzsprout.
Ele é grátis para as primeiras duas horas de áudio e entrega para o , que é a plataforma em que eu quero publicar (explicação sobre isso AQUI )
Crie a conta lá, suba seu primeiro episódio, preencha todos os dados necessários para as pessoas acharem o podcast por aí e publique!
Simples assim.
Tem também o Anchor , que é 100% grátis prá sempre. Provavelmente migrarei meu podcast prá lá.
Se quiser postar o podcast em outras plataformas como o Spotify e o , tem essas opções na aba “Directories”.
Note que leva um tempo para o podcast ficar disponível nessas outras plataformas.
Pronto! Bem vindo ao maravilhoso mundo dos podcasts.
🙂
Tudo de bom,
Billy.

PS_Se quiser ouvir meu podcast novo, de 2019, acesse essa playlist do Spotify —

Posts Relacionados

Como eu leio dois livros por semana?

Julio Moraes

Como assistir Netflix no trabalho fingindo que está numa conference call

Wagner Brenner

TikTok: Guia de Sobrevivência

Julio Moraes

2 comentários

@grecoland 11/11/2019 at 5:46 PM

Sdds Maestro Billy!

Reply
Wagner Brenner
Wagner Brenner 06/11/2019 at 8:11 AM

Post utilidade-pública nesse bom momento para a produção de podcasts. Sempre bom facilitar a parte mais técnica para democratizar a coisa. E, claro, as observações de planejamento do conteúdo, mais importante ainda! Valeu Billy.

Reply

Comente

Ad Blocker Detected!

Refresh