Ele engana o Google Maps e simula um congestionamento usando um carrinho cheio de celulares

Três anos atrás, o artista Simon Weckert percebeu uma falha no Google Maps: o aplicativo mostrava um congestionamento gigante em um local em que ele participava de um evento, mas não haviam carros no lugar, mas sim uma multidão de pessoas. E mais especificamente, seus celulares.
o Google Maps interpretou a grande quantidade de celulares como se fosse um congestionamento, porque é assim que o aplicativo funciona normalmente.

Diante e sua descoberta, Simon resolveu colocar o Google Maps para dançar e tentou hacker o aplicativo. Funcionou: Simon encheu um carrinho com 99 celulares emprestados de amigos e saiu andando por ruas tranquilas, simulando congestionamentos.

Veja como foi:

O Google ficou sabendo do “hack” e explicou que (1) o app usa diversas formas de dados e a localização por celulares de usuários é uma delas e (2) vê com bons olhos iniciativas como essa porque ajudam no aprimoramento dos produtos e serviços da marca.
Para saber mais, clique aqui.

Default image
Wagner Brenner
Leave a Reply

Ad Blocker Detected!

Refresh